Xiaomi brilha na premiação do “Oscar” da Tecnologia no Brasil


Mais de 400 pessoas, entre CEOS, executivos, influenciadores digitais e jornalistas passaram pelo “red carpet” do Cubo Itaú – maior hub de empreendedorismo da América Latina – na última segunda-feira, 27, durante a cerimônia de entrega do Prêmio Canaltech 2019, o “Oscar da Tecnologia no Brasi. Foram escolhidos nesta segunda-feira (27), os vencedores do Prêmio Canaltech 2019, um dos mais importantes eventos de Tecnologia do país e que premiou produtos e serviços digitais que mais se destacaram ao longo do último ano. 

Em sua terceira edição, foram escolhidos os melhores de 2019 em seis modalidades: “Marca mais Desejada”, “Marca mais Reconhecida em TI”; “Mobile”; “Serviços”; “Aplicativos” e “Games” – todas são compostas por categorias, totalizando 42 premiações. A ação foi criada pelo Canaltech, um dos mais acessados portais de tecnologia da América Latina. Além de contar com um júri técnico, a premiação contou também com uma ampla votação do público

_________________

RELACIONADAS:

“Foi muito interessante notar as diferenças e similaridades nas votações do júri técnico e do voto popular na hora de escolher os destaques de 2019”, afirmou Felipe Szatkowski, Co-founder e COO do Canaltech. “Isso trará novos insights para a nossa equipe na hora de analisar produtos e serviços, sempre com o objetivo de levar a melhor informação para o nosso público”, completa.   

O evento também contou com a participação de Regiane Relva Romano, assessora e conselheira do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), que falou junto ao público sobre o potencial do mercado de Internet das Coisas (IoT) no Brasil para os próximos anos.

ANÚNCIO


Durante o discurso da assessora, foi feito o reforço do primeiro chamamento público.” Todos estão convidados a participar, incluindo as startups, cientistas, técnicos, informatas, enfim, toda a comunidade, pois um dos objetivos é termos a conexão efetiva entre a equipe academica e o mundo empresarial”, disse Regina.

A assessora ainda reforçou os projetos para este ano. “Também estamos trabalhando fortemente na estratégia brasileira para a transformação digital, o que inclui as redes 5G, com a previsão da definição do espectro neste ano, fomentando a área de PD&I, ao criar acordos de Cooperação (Brasil, UE, EUA, Japão, China, Coréia, Índia) – 5G Brasil, projetos conjuntos com a União Europeia, Lei de Informática, Lei do Bem, entre outros”.

Confira abaixo os vencedores: 

Modalidade: Serviços

Esta modalidade contou apenas com o voto do público e abrangeu oito categorias. A de “Melhor Banco Digital” foi vencida pelo Banco Inter, em um das disputas mais equilibradas. Já em “Melhor Serviço Delivery”, o título ficou com o Uber EATS, sendo que na categoria “Melhor Experiência de Mobilidade Urbana”, a BlaBlaCar levou a medalha de ouro. 

E quando falamos em serviços relacionados ao e-commerce, a Magazine Luiza foi a grande vencedora do Prêmio Canaltech, mais precisamente na categoria “Melhor Experiência de Compra Online”. Já o Mercado Livre se destacou  na categoria “Melhor Black Friday”.

Para completar a modalidade de Serviços, temos ainda mais três categorias bastante votadas pelo público. Em “Melhor Pós-venda de smartphones”, a Apple foi a grande vencedora, mostrando a força da sua já reconhecida assistência técnica;  já a Claro faturou a medalha de ouro como Melhor Operadora Móvel”, com a TIM vencendo na categoria “Melhor Banda Larga Fixa”.

Confira abaixo a classificação completa:

Melhor banco digital

1° – Banco Inter

2° – BB Digital

3° – Nubank

Melhor serviço de delivery

1° – Uber Eats

2° – Rappi

3° – iFood

Melhor experiência de mobilidade urbana

1° – BlaBlaCar

2° – Uber 

3° – 99

Melhor experiência de compra online

1° – Magazine Luiza

2° – Amazon

3° – Mercado Livre

Melhor Black Friday

1° – Mercado Livre

2° – Amazon

3° – Kabum

Melhor pós-venda de smartphones

1° – Apple 

2° – Samsung

3° – Motorola

Melhor banda larga fixa

1° – TIM

2° – NET / Claro

3° – Vivo

Melhor operadora móvel

1° – Claro

2° – Vivo

3° – TIM

Modalidade: Games 

Essa modalidade contou com a participação tanto do voto popular, quanto do júri técnico. E aqui, até que houve uma certa concordância nas avaliações. 

Na categoria “Melhor jogo para smartphone”, o grande vencedor foi Call of Duty Mobile, tanto entre o público, quanto entre os especialistas. O consenso também foi o mesmo em “Melhor Jogo para PC”, onde Red Dead Redemption 2 não deu chance para a concorrência. 

Mas quando “Melhor Jogo para Console”, aí, as preferências mudam. Para o júri especializado, a medalha de ouro ficou com Sekiro: Shadows Die Twice; já para o público, o vencedor foi Call of Duty Modern Warfare. E na categoria “Jogo Mais Popular”, o vencedor foi Free Fire. 

Confira abaixo a classificação completa:

Melhor Jogo para Smartphone
 

1° – Call of Duty Mobile (Júri Técnico e Voto Popular)

2° – PUGB Mobile Lite

3° – Mario Kart Tour

Melhor Jogo Para Console

1° – Sekiro: Shadows Die Twice (Júri Técnico) / Call of Duty Modern Warfare (Voto Popular)

2° – Resident Evil 2

3° – Sekiro: Shadows Die Twice (Voto Popular)

Melhor Jogo para PC

1°-  Red Dead Redemption 2 (Júri Técnico e Voto Popular)

2°- Call of Duty Modern Warfare

3° – Apex Legends

Jogo mais Popular

1° – Free Fire

2° – Fortnite

3° – GTA V

Modalidade: App do Ano

Esta modalidade contou apenas com o voto popular e não houve muitas surpresas. Na categoria “Streaming de Música”, o Spotify levou a melhor; já em “Streaming de Vídeo”, a Netflix continua na preferência do público, não dando chance à concorrência. Em “Comércio Eletrônico”, por sua vez, a Amazon mostra porque 2019 foi o ano dela no Brasil, faturando a medalha de ouro. 

A Avast levou o Prêmio Canaltech na categoria “Segurança”, enquanto o Instagram prova que quem manda na categoria “Rede Social” é ela, mas com o TikTok prometendo dar trabalho em 2020. Por fim, o app de mensagens do ano, claro, foi o WhatsApp, sempre dominante no Brasil

Confira a classificação completa:

Streaming de Música

1° – Spotify

2° – Deezer

3° – YouTube Music

Streaming de Vídeo

1° – Netflix

2° – YouTube

3° – Prime Video (Amazon)

Comércio Eletrônico

1° – Amazon

2° – Mercado Livre

3° – Americanas

Segurança

1° – Avast

2° – Kaspersky

3° –  McAfee

Rede Social

1° – Instagram

2° – TikTok

3° –  Facebook

Mensageria

1° – WhatsApp

2° – Telegram

3° –  Facebook Messenger

Modalidade: Marca mais desejada

Aqui, mais uma vez,  foi o voto popular quem decidiu tudo, com algumas surpresas. Na categoria “Marca de Casa Inteligente Mais Desejada”, a Xiaomi levou melhor. Já em “Marca de Conectividade Mais Desejada”, a TP-Link mostrou que está no coração do público. E em “Marca de Armazenamento Mais Desejada”, a Kingston / HyperX disse a que veio, conquistando o alto do pódio. 

Já a Samsung faturou duas medalhas de ouro nessa modalidade, sendo a preferida do público em “Marca de TV Mais Desejada” e “Marca Gamer mais Desejada”. Mas quando o assunto é som de qualidade, a JBL correu por fora e levou o pódio. Além disso, a Apple mostrou a sua força, vencendo nas categorias “Marca de Laptop Mais Desejada” e, surpresa, “Marca de Smartphone Mais Desejada”, superando ninguém menos que a Xiaomi, a queridinha do público brasileiro, que ficou em segundo. 

Confira a classificação completa:

Marca de Casa Inteligente mais desejada 

1° – Xiaomi

2° – Samsung 

3° –  Intelbrás

Marca de Conectividade mais desejada

1° – TP-Link 

2° – Asus

3° –  D-Link

Marca de Armazenamento mais desejada

1° –  Kingston / Hyper X

2° – Samsung

3° –  SanDisk

Marca de Áudio mais desejada

1° – JBL

2° – Samsung

3° – Apple

Marca de TV mais desejada

1° – Samsung

2° – LG

3° – Sony

Marca Gamer mais desejada

1° – Samsung 

2° – Razer

3° –  ROG

Marca de Laptop mais desejada

1° – Apple

2° – Dell

3° – Samsung

Marca de Smartphone mais desejada

1° – Apple

2° – Xiaomi

3° –  Samsung

Modalidade: Marca Mais Reconhecida de TI

Esta modalidade teve o domínio de duas empresas: Microsoft e Google. A criadora do Windows foi eleita como a melhor pelo público em três categorias: “Analytics & Business Intelligence”, “CRM” e “ERP”. Já a gigante das buscas faturou o prêmio mais alto em duas categorias: “Inteligência Artificial” e, surpresa, “Computação na Nuvem”, batendo a poderosa (e líder de mercado) Amazon Web Services. 

Mas a divisão de cloud computing da Amazon também se destacou nessa modalidade, conquistando a categoria de “Blockchain”. Completam a lista a Vivo, eleita a melhor “Provedora de Telecomunicações” e a HP, conquistando o primeiro lugar em “Soluções de Impressão”. 

Confira a relação completa de vencedores:

Computação na Nuvem

1°- Google

2°- Amazon 

3°-  Microsoft

Inteligência Artificial

1°- Google

2°- IBM

3°- Amazon Web Services

Analytics & Business Intelligence

1°- Microsoft

2°- SAP 

3°- Salesforce

Blockchain

1°- Amazon Web Services

2°- Microsoft 

3°- IBM

CRM

1°- Microsoft

2°- Salesforce

3°-  SAP

ERP

1°- Microsoft

2°- SAP

3°-  Totvs

Provedora de Telecomunicações

1°- Vivo

2°- Claro Brasil

3°-  TIM

Soluções de Impressão

1°- HP

2°- Samsung

3°- Canon

Modalidade: Mobile

É a modalidade mais popular e, claro, a que rende mais polêmicas e debates entre o público e o júri especializado. Mas, também com alguns consensos. 

Nas onde o público e os especialistas concordam: em “Smartphone com Melhor Custo-Benefício”, o grande vencedor foi o Redmi Note 7, da Xiaomi. O consenso foi atingido também na categoria “Smartphone do Ano”, com o poderoso Galaxy Note 10+ faturando um dos títulos mais importantes do Prêmio Canaltech 2019. E, por fim, em “Melhor Fone de Ouvidos sem Fios”, o AirPods Pro, da Apple, foi eleito o grande vencedor por ambos. 

Na votação que contou apenas com a votação do júri especializado: o iPhone 11 Pro venceu como “Melhor Câmera de Smartphone”. Já o Motorola G7 Power levou o título de “Smartphone Com Melhor Autonomia”. 

Entretanto algumas categorias tiveram divergências no voto, entre especialistas e usuários/simpatizantes destes produtos:  Em “Melhor Wearable”, enquanto o júri técnico votou no Apple Watch Series 5, os usuários elegeram o Mi Band 4, da Xiaomi; já como “Melhor Assistente de Voz”, a Alexa, da Amazon, levou a melhor entre a mídia. Já o Google Assistente foi o preferido do público. 

A disputa continua na categoria “Smartphone Mais Inovador”. Os especialistas elegeram o Razr 2019, o celular dobrável da Motorola; já o público optou pelo Mi Mix Alpha, da Xiaomi. 

Confira abaixo a relação completa:

Smartphone com melhor custo benefício

1° – Xiaomi Redmi Note 7

2° – Samsung Galaxy A30

3° – Samsung Galaxy M30

Melhor câmera de smartphone

1° – iPhone 11 Pro

2° – 

3° –  

Smartphone do ano

1° – Samsung Galaxy Note 10+

2° – iPhone 11 Pro

3° – Xiaomi Mi Note 10

Smartphone com melhor autonomia

1° – Motorola G7 Power

2° –

3° –  

Melhor wearable

1° – Apple Watch Series 5 (Júri Técnico) / Xiaomi Mi Band 4 (Voto Popular)

2° – Apple Watch Series 5 (Voto Popular)

3° – Samsung Galaxy Watch Active 2 

Melhor assistente de voz

1° – Alexa (Júri Técnico) / Google Assistente (Voto Popular) 

2° – Alexa (Voto Popular)

3° – Siri

Smartphone mais inovador

1° – Motorola Razr 2019 (Júri Técnico) / Xiaomi Mi Mix Alpha (Voto Popular)

2° – Samsung Galaxy Fold 

3° – Motorola Razr 2019 (Voto Popular)

Melhor fone de ouvido sem fios

1° – Apple AirPods Pro

2° – Xiaomi Redmi Airdots

3° – Samsung Galaxy Buds

Comentários

comentarios

ANÚNCIO