“Vamos construir um Hospital do Câncer”, projetou prefeito de Aparecida de Goiânia


A prefeitura de Aparecida de Goiânia abriu 30 novos leitos no Hospital Municipal da cidade para o atendimento materno infantil, sendo que 10 deles são de Unidades de Terapia Intensiva (UTI’s). Na visita à unidade na manhã de quarta, 8, o prefeito Gustavo Mendanha (MDB) revelou um novo projeto para a área de saúde no município que vai atender à uma forte demanda.

“Vamos construir um Hospital do Câncer”, apontou Mendanha em entrevista ao Diário de Goiás, explicando que a ampliação da rede de saúde de Aparecida terá, antes, um ambulatório médico de especialidades e a implantação de uma nova maternidade.

No entanto, outro fato chamou a atenção na entrevista: A prefeitura de Aparecida disponibilizou para o governador Ronaldo Caiado e o secretário de saúde, Ismael Alexandrino, os 40 leitos para atendimento às necessidades do Hospital Materno Infantil, que, recentemente, foi alvo de decisão por interdição.

ANÚNCIO


Segundo Mendanha, nem o governador e nem o secretário deram resposta à proposta feita pela prefeitura de Aparecida



Comentários

comentarios

ANÚNCIO