19 de abril de 2024
Política • atualizado em 30/12/2022 às 07:17

Saiba quem são os três ministros de Lula que votaram a favor do impeachment de Dilma

Dos 37 principais ministros de Lula, Simone Tebet e mais dois votaram para saída de Dilma em 2016. (Foto: Ricardo Stuckert)
Dos 37 principais ministros de Lula, Simone Tebet e mais dois votaram para saída de Dilma em 2016. (Foto: Ricardo Stuckert)

Além de Simone Tebet, veja os outros dois que também não queria a continuidade do governo do PT em 2016

Sim, muitos esqueceram, mas Simone Tebet (MDB), que será ministra do Planejamento e Orçamento do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT), votou a favor do impeachment de Dilma Roussef, em 2016. Além dela, outros dois ministros de Lula também o fizeram: são eles os deputados André de Paula (PSD) e Juscelino Filho (União), respectivamente do Ministério da Pesca e o Ministério das Comunicações.

Na época, todos tinham o mesmo discurso pronto para votar contra Dilma: o tal do voto pela família, pelo Brasil, etc. Simone Tebet, inclusive disse: “Por todo o mal que causou e está causando à população brasileira, eu voto a favor do impeachment da senhora presidente da República, mas, mais do que tudo, voto na esperança – na esperança de melhores dias”. A senadora também votou “sim” para tornar Dilma inelegível a cargos públicos por oito anos, mas a proposta não alcançou a quantidade de votos necessários.

Agora porém, todos se dizem muito agradecidos e animados. Em seu Twitter, Juscelino afirmou: “Recebo com enorme honra a missão de ser ministro das Comunicações do governo do presidente Lula. Tenho consciência da importância deste desafio e, com otimismo e esperança no futuro, reitero minha disposição e meu compromisso com o Brasil”.

Leia Também

Simone Tebet, por sua vez, não publicou nada diretamente relacionado ao ministério sob o qual será líder. Mas em seu Twitter ela republicou uma postagem do perfil ‘MDB Mulher’ que cita sua saída do senado para assumir a pasta. “Simone Tebet se despede do Senado, mas não da vida pública. Foram oito anos trabalhando pelo nosso país, mas com a certeza de que existem milhares de brasileiros ao lado de Simone, aguardando seus próximos passos e lhe desejando boa sorte”, diz a publicação.

A posse do novo presidente, que dará início ao novo governo e, consequentemente, ao comando dos novos ministros de Lula, acontece neste domingo (1º). O evento vai contar com os trâmites oficiais, mas também com shows de diversas personalidades musicais conhecidas.


Leia mais sobre: / / / Destaques / Política

Recomendado Para Você