ANÚNCIO

Desde o início de junho, quando a Concessionária SociParques assumiu a concessão dos serviços de apoio à visitação do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, em Goiás – PNCV, a terceirizada afirma que fez “melhorias começaram a ser feitas para tornar a experiência de visitação dos turistas e moradores da região cada vez mais positiva”.

Sendo assim, a partir de 8 de julho de 2019 (segunda-feira) terá início a cobrança do ingresso de visitação, conforme determina a Portaria nº 831/2018 do ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade Brasileira).

Confira abaixo os valores/ Ingressos Chapada dos Veadeiros:

ValorPÚBLICO
R$ 3,00Moradores de Alto Paraíso de Goiás, Cavalcante, Colinas do Sul,
Nova Roma, São João da Aliança
e Teresina de Goiás
(necessário cadastro junto à Concessionária)
R$ 17,00Demais brasileiros
R$ 26,00Residentes de países do Mercosul
R$ 34,00Demais visitantes


O pagamento poderá ser realizado preferencialmente com cartões de débito/crédito, ou em dinheiro.

ANÚNCIO


Para a concessão de desconto aos moradores do entorno, será necessária a realização de cadastro junto à Concessionária, que deve ser realizado pessoalmente na bilheteria do Parque, de segunda a sexta-feira, das 15 às 17 horas, mediante a apresentação dos documentos abaixo:

  • Comprovante de endereço: contas de água, luz, telefone fixo ou móvel, conta de provedor de internet ou TV à cabo constando o endereço de instalação e IPTU. Caso o comprovante não esteja no nome da pessoa, contrato de locação de imóvel com firma reconhecida acompanhado de conta de consumo no nome do proprietário do imóvel, certidão de casamento ou contrato de união estável também serão aceitos. 
  • Brasileiros: título de eleitor + documento com foto 
  • Estrangeiros: passaporte 

Estão isentos do pagamento:

– Visitantes brasileiros ou estrangeiros que residem no Brasil com 60 anos ou mais

– Crianças com até 12 anos incompletos acompanhados de adultos

– Estudantes e acompanhantes de estabelecimentos de ensino com visitas pré-agendadas com – objetivo de educação ambiental

– Populações extrativistas beneficiárias da unidade de conservação

– Colaboradores ou membros de instituições parceiras colaboradoras do ICMBio

– Pesquisadores autorizados pelo ICMBio

– Servidores de órgãos públicos em serviço

– Guias de turismo regularizados pelo Ministério do Turismo

– Condutores de visitantes cadastrados de acordo com critérios estabelecidos pela chefia da unidade de conservação

A arrecadação do ingresso será revertida em manutenção e conservação do Parque, bem como na realização das melhorias que já estão sendo implantadas pela SociParques. Informações ou dúvidas podem ser esclarecidas pelo contato@sociparques.com.br.

A Parquetur é uma empresa brasileira cuja atividade principal é a gestão e operação de parques e unidades de conservação da natureza quando relacionado turismo. Por meio de um modelo de negócio mais eficiente, busca a melhoria da infraestrutura, do lazer e da prestação de serviços para o visitante destas áreas. Acreditamos em um modelo no qual a promoção do ecoturismo nas áreas protegidas gera recursos para a conservação e educação ambiental.

Conheça mais da Cachoeira Rei do Prata, em 360 graus:


Rei Do Prata

Comentários

comentarios

ANÚNCIO