22 de fevereiro de 2024
Cidades • atualizado em 21/04/2020 às 11:24

Saiba como fazer a autoleitura do medidor de energia

Para fazer autoleitura, clientes devem usar app da Enel. (Foto: Alex Malheiros/Divulgação)
Para fazer autoleitura, clientes devem usar app da Enel. (Foto: Alex Malheiros/Divulgação)

A Enel disponibiliza desde o dia 14 de abril a possibilidade de autoleitura para clientes durante o período de epidemia de Covid-19 em Goiás. É importante, porém, ficar atento ao calendário, pois a data de medição varia de cliente para cliente e se baseia na data da próxima leitura informada na última conta de luz.

“A primeira coisa que o cliente vai fazer é pegar a última conta de luz e checar qual é a data informada da próxima leitura. O período para ele informar a autoleitura à Enel é no quarto ou no terceiro dia antes daquela data informada na fatura”, explica a responsável de Operações Comerciais da Enel Distribuição Goiás, Alessandra Kozlowski.

Quem perder o período da leitura não precisa ficar preocupado. Quem perder o prazo de leitura neste primeiro momento receberá a visita de um leiturista da Enel.

Ao acessar o aplicativo ou o site da Enel para informar a leitura, se estiver fora da data, o cliente receberá imediatamente um aviso informando a data correta. “Se essa data já tiver passado, o cliente não precisa se desesperar. É só esperar a visita de um de nossos leituristas. A conta chegará à casa dele, seja por e-mail ou impressa”, diz a responsável de Operações Comerciais. 

Leia Também

A autoleitura, que já era feita por clientes rurais, foi disponibilizada desde o dia 14 para clientes residenciais e comerciais. Por meio dela o cliente vai fornecer à empresa a leitura do medidor de energia. Com isso, a distribuidora vai conseguir retirar temporariamente das ruas as equipes que fazem a leitura dos medidores, assim como reduzir o tempo de exposição em campo, protegendo clientes e colaboradores nesse momento de avanço da pandemia do coronavírus.

A autoleitura pode ser informada pelo site da Enel e já está disponível também no aplicativo Enel Goiás para Android e iOS. É preciso baixar a versão mais atualizada para contar com a funcionalidade.  

Os clientes que optarem por não fazer a autoleitura podem ter a conta de energia faturada pela média aritmética de consumo dos últimos doze meses, conforme regra anunciada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). “Nesse caso, a diferença entre o valor faturado e o que realmente for consumido será compensada na conta de energia quando for retomada a leitura”, explica Alessandra. 

A opção não vale para clientes industriais, já que 95% deles já é faturado por meio de medição remota, sem visita a campo. Os outros 5% continuarão a contar com o serviço de leitura. Clientes que participam como Geração Distribuída e Tarifa Branca também continuarão sendo lidos.

Como funciona

Para fazer a autoleitura basta o cliente ir até o medidor de energia da casa, do apartamento ou do estabelecimento comercial dele, anotar o número exibido no aparelho e informá-lo à Enel pelo site ou app.

Quando for informar, selecione a opção Autoleitura Urbana, informe a unidade consumidora, nome, telefone, e-mail, a leitura colhida no medidor e a data da mesma. Antes de clicar em enviar, aproveite e marque a opção de adesão ao recebimento da fatura por e-mail. Assim que enviar, aparecerá uma mensagem dizendo que o registro foi feito com sucesso, e o número do protocolo.

Se o número informado resultar em um consumo muito fora do comportamento de consumo do cliente, aparecerá uma mensagem de alerta, pedindo confirmação da leitura. “É importante ressaltar que a ferramenta já faz uma comparação automática com o número informado e a média de consumo do cliente. Caso apareça uma mensagem de alerta, recomendamos que o cliente retorne ao medidor e confira se anotou algum número errado. É muito importante que a leitura informada seja fiel à mostrado no medidor”, ressalta Alessandra.

Uma vez confirmada a autoleitura, o cliente receberá a fatura digital por e-mail, caso tenha aderido à facilidade, ou impressa. A conta será entregue até cinco dias antes do vencimento.

Os clientes podem baixar gratuitamente o aplicativo Enel Goiás para Android e IOS. Além disso, os clientes podem entrar em contato com a companhia pelas redes sociais – Facebook e Twitter, ou acessando sua conta pelo WhatsApp Elena, enviando um “Olá” para o número (21) 99601-9608. 

Perguntas frequentes

Por que a Enel disponibilizou a autoleitura?

Por conta da pandemia de Covid-19, a Enel decidiu reduzir gradativamente das ruas as equipes que fazem a leitura dos medidores, bem como reduzir o tempo de exposição dos colaboradores ao risco de contrair o coronavírus. Para tanto, disponibilizou para os clientes a opção da autoleitura. 

A autoleitura é obrigatória?

Não, a autoleitura é uma opção oferecida ao cliente. Quem não quiser fazer a autoleitura, pode ter a conta de energia faturada pela média de consumo dos últimos doze meses, conforme disposições da Aneel, contidas no artigo 111 da Resolução Normativa nº 414/10, em situações de calamidade pública. Nesse caso, a diferença entre o valor faturado e o que realmente for consumido será compensada na conta de energia quando for retomada a leitura.

Quem pode fazer a autoleitura?

Clientes residenciais e comerciais (com exceção de alguns perfis de faturamento, como tarifa branca e geração distribuída por exemplo).  

Como se dá a autoleitura em condomínios?

Este cliente poderá fazer a leitura desde que seja possível visualizar os números do medidor de seu apartamento. No caso de não conhecer o local onde fica o medidor, a recomendação é procurar o próprio condomínio para se informar (por meio de zelador, síndico, manutenção).

Quando farei a autoleitura?

A data da autoleitura varia de cliente para cliente. Ela deve ser feita no quarto ou no terceiro dia antes da data da próxima leitura indicada na última fatura. Por exemplo, se a próxima leitura será em 15 de maio, o cliente tem que informar a autoleitura do dia 11 até o dia 12.

Como faço para informar os números da minha leitura?

Basta acessar os nossos canais digitais (app Enel Goiás ou agência virtual no site da Enel), escolher as opções: serviços, autoleitura urbana. Preencher o formulário, digitar os números da leitura e confirmar. Se o número informado resultar em um consumo muito fora do comportamento de consumo do cliente, aparecerá uma mensagem de alerta, pedindo confirmação da leitura. A ferramenta já faz uma comparação automática com o número informado e a média de consumo do cliente. Caso apareça uma mensagem de alerta, o cliente deve retornar ao medidor e conferir se anotou algum número errado. É muito importante que a leitura informada seja fiel à mostrado no medidor.

Até quando o serviço estará disponível?

Ainda não existe uma data exata, mas o serviço será mantido enquanto durar o período de pandemia do coronavírus. Informaremos com antecedência se o serviço for interrompido.

Se eu perder a data da autoleitura?

A Enel está enviando leituristas para fazer a leitura dos medidores de clientes que, neste primeiro momento, perderem a janela de leitura. Progressivamente, esses leituristas serão retirados das ruas para reduzir o risco de contágio pelo coronavírus, por isso é muito importante que cada vez mais pessoas façam a autoleitura na data correta. 

Produtor rural deve fazer a autoleitura?

Em Goiás, a autoleitura rural já era feita antes do período de crise do coronavírus. Os produtores rurais devem seguir fazendo a autoleitura da forma como já faziam. A ferramenta da autoleitura urbana não se aplica ao cliente rural. 

E as indústrias, devem fazer a autoleitura?

95% dos clientes industriais já é faturado por meio de medição remota, sem visita a campo. Os outros 5% continuarão a contar com o serviço de leitura.


Leia mais sobre: / / Cidades