RiseUp! foca no empreendedorismo, tecnologia e inovação em Goiânia

ANÚNCIO

Consagrado no Rio de Janeiro com duas edições que reuniram e emocionaram mais de 5 mil pessoas, o RiseUp terá uma nova casa neste ano. No dia 8 de dezembro (amanhã), o evento, que conta com o apoio do Sebrae, reunirá os principais nomes do empreendedorismo brasileiro será realizado em Goiânia, no Oliveira’s Place.

Hans Donner , criador gráfico e designer (foto divulgação)

Nomes como Hans Donner, precursor da computação gráfica no Brasil; Ben Zruel, consultor financeiro e autor do livro “Eu Vou te Ensinar a ser Rico”; e Alexandre Baldy, ministro das Cidades, prometem incentivar os participantes a superar os desafios do mundo dos negócios. Outra novidade é o formato de vendas dos ingressos por meio da plataforma de permutas multilaterais XporY.com ao custo de X$ 268, o equivalente a R$ 268,00.

Jovens buscam alternativas com o empreendedorismo

ANÚNCIO


Cerca de 30% dos empreendedores que estavam à frente de novos negócios no Brasil em 2017 tinham entre 25 e 34 anos. Este percentual fica ainda maior quando se acrescenta o número de brasileiros empreendedores entre 18 e 24 anos, alcançando 50% do total de pessoas que se aventuram no empreendedorismo no Brasil. Os dados são da pesquisa realizada pela Global Entrepeneruship Monitor (GEM) em parceria com o Sebrae, instituição que também incentiva a realização do RiseUp para despertar a atenção dos jovens goianienses para o empreendedorismo.

Crivella Filho busca despertar jovens para o empreendedorismo

Despertar os jovens para uma “rebelião positiva” e o senso da autorresponsabilidade é o objetivo do psicólogo e mestre em inovação, criatividade e empreendedorismo Marcelo Crivella Filho. Ele é o responsável pela realização e organização da edição especial do RiseUp em Goiânia, que reúne uma série de palestras para incentivar e despertar os sonhos daqueles que desejam ter o próprio negócio.

Jovens empreendedores valorizam cada vez mais a tecnologia

Ávidos por informação e crescendo em um contexto marcado pela tecnologia, os jovens brasileiros estão desenvolvendo novas formas de empreender. Os dados da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) de 2017 apontam que mais de 60% dos novos empreendedores estão ligados à tecnologia e completamente conectados à internet. Para incentivar ainda mais os integrantes dessa faixa etária, o RiseUp Experience reunirá cases de sucesso do empreendedorismo nacional para incentivar a superação de desafios impostos pelo mundo dos negócios.

Mudança de comportamento será tema do RiseUp

Desemprego é uma palavra que, nos últimos anos, faz parte do vocabulário dos jovens brasileiros. Pesquisa Nacional de Amostra de Domicílios (PNAD) de agosto deste ano mostra, por exemplo, que entre as pessoas de 18 e 24 anos, a taxa de desemprego é mais que o dobro da taxa da população em geral. O indicador amplo ficou em  12,4% a taxa específica do público jovem ficou em 26,6%. Essa realidade desanimadora é possível de ser revertida, segundo o psicólogo e mestre em inovação, criatividade e empreendedorismo Marcelo Crivella Filho. Durante o summit de empreendedorismo, um grupo de empreendedores de renome no Brasil dará dicas  e exporão suas próprias experiências para dar uma injeção de ânimo a quem sonha em abrir o próprio negócio e incentivar os jovens a transpor barreiras do mundo do empreendedorismo.

Vantagens da maturidade no empreendimento

Quase metade dos empreendimentos consolidados (com mais de 3,5 anos) é comandada por pessoas com idade entre 45 e 64 anos. O psicólogo e empreendedor Marcelo Crivella Filho classifica todos aqueles que não temem arriscar e inovar como “jovens de espírito”. Além da ousadia e criatividade, os membros dessa faixa etária ainda apresentam outros fatores fundamentais para o sucesso no cenário do empreendedorismo como planejamento, Know How e segurança.

Suporte para superar crises e turbulências no empreendedorismo

Ter uma ideia de negócio e não saber por onde começar ou buscar auxílio. De acordo com o Sebrae, essa foi a realidade de cerca de 61% dos empreendedores que buscaram realizar o sonho de ter a própria empresa, mas acabaram fechando as portas. Um dos primeiros passos para não ter esse destino é participar de eventos que abordem os principais riscos e que dão dicas de como superar as barreiras do mercado, como o RiseUp. Incubadoras, aceleradoras e uma assessoria de uma empresa especializada pode ser o suficiente para a sobrevivência de empresas em uma realidade marcada pela competitividade.

Criatividade e tempo são temas de palestra de Hans Donner

Conhecido como “mago do design gráfico”, o alemão radicado no Brasil, Hans Donner, virá a Goiânia para falar sobre suas experiências na produção de vinhetas e do logotipo da Rede Globo neste sábado (8/12). Além disso, o designer também abordará outros projetos de sua carreira, como o Time Dimension, que propõe um inédito design do tempo por meio da variação de tons claros e escuros para demonstrar a passagem de horas, minutos e segundos sem o uso de ponteiros.

Exemplo de Superação, Zruel dá dicas de como superar as dificuldades financeiras

Nascido em Jerusalém, o consultor financeiro Ben Zruel chegou ao Brasil sem saber uma palavra em português. Porém, isso não foi páreo para que ele superasse as dificuldades e alcançasse a independência financeira em apenas 10 anos no país. Sua história e dicas de superação serão tema da palestra que o consultor financeiro fará no summit de empreendedorismo. O israelense, por meio da educação financeira, abordará o segredo da reprogramação da mente sobre a relação que as pessoas têm sobre o próprio dinheiro.

Patrícia Leal fala sobre empreendedorismo e franqueadas

Primeira franqueada da rede de restaurantes Giraffas, a empresária Patrícia Leal participará do RiseUp, evento de empreendedorismo que reunirá os principais nomes da área no dia 8/12, no Oliveira’s Place. Com franquias espalhadas por Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro e São Paulo, Leal realizou o sonho de ser empreendedora de alto nível e já emprega mais de 190 pessoas.

Fábio Queiróz faz palestra sobre Varejo 4.0 em Goiânia

Nova tendência no mercado ao aliar técnicas e tecnologias da era digital, o varejo 4.0 tem se tornado cada vez mais comum no aprimoramento das experiências de compra e relacionamento com os clientes. Devido a essa importância, o presidente da Associação de Supermercados do Estado do Rio de Janeiro (ASSERJ), Fábio Queiróz, abordará essa temática durante o RiseUp, summit de empreendedorismo que reunirá os principais nomes da área no dia 8 de dezembro, no Oliveira’s Place.

Baldy fala sobre sua carreira no empreendedorismo no RiseUp

O ministro das Cidades, Alexandre Baldy, fala com a imprensa (
Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil)

Além do cenário político, o ministro das Cidades, Alexandre Baldy, também tem participação ativa no empreendedorismo. Desde cedo, ele atuou em segmentos de representação do setor produtivo, como Associação Comercial, Industrial e dos Serviços (Acieg) Jovem e a Associação dos Jovens Empreendedores e Empresários (AJE). Baldy apresentará os desafios superados na carreira empreendedora no RiseUp.

Inscrições no RiseUp são feitas sem uso de dinheiro

As novidades do RiseUp vão além do pioneirismo de Goiânia receber a primeira edição do evento longe do Rio de Janeiro. O summit conta com vendas de ingresso em X$, moeda digital que não requer o uso de dinheiro. Por meio de operação intermediada pela XporY.com, a plataforma de permutas realizará todo o processo de bilheteria e a comercialização de produtos oferecidos na praça de alimentação do evento. No processo, as empresas ou pessoas podem se cadastrar na plataforma gratuitamente e pagar pelos ingressos oferecendo serviços e produtos.

Comentários

comentarios

ANÚNCIO