Registro de candidaturas a desembargador pela OAB terá análise final em fevereiro


O registro das candidaturas dos advogados candidatos à lista sêxtupla da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-GO) ao cargo de desembargador terá análise final somente em fevereiro de 2.020. O processo foi iniciado em outubro de 2019 com o lançamento do edital para a seleção de um dos cargos mais cobiçados na área jurídica.

Apenas nove inscritos tiveram as candidaturas deferidas na primeira análise feita em dezembro passado. São eles: Alexandre de Morais Kafuri; Anderson Máximo de Holanda; Carla Sahium Traboulsi; Eduardo Antunes Scartezini; Francisco José Gonçalves Costa; João Batista Fagundes Filho; Paulo Roberto Balduíno Nascimento ;Rosângela Magalhães de Almeida; Vicente Lopes da Rocha Júnior.

Outros onze candidatos tiveram os nomes indeferidos e recorrem para continuar dentro da disputa. A OAB-GO informou que “o prazo recursal de cinco dias para os advogados que tiveram inscrição indeferida no processo de formação da lista sêxtupla para o cargo de desembargador do Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO) começa a contar no próximo dia 1º de fevereiro, devido a suspensão dos prazos processuais na seccional no período de 20 a 31 de dezembro e durante o mês de janeiro”.

ANÚNCIO


Assim, somente após o dia seis de fevereiro é que os nomes serão conhecidos. Após esta etapa, será agendada a reunião do Conselho da OAB que fará a votação para a escolha dos seis indicados. Recebida a lista, o Órgão Especial do Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO) filtra para três nomes que vão para livre escolha do governador Ronaldo Caiado (DEM), segundo a legislação.

Comentários

comentarios

ANÚNCIO