Sandro Mabel e o deputado Alexandre Baldy em manifestação pró-impeachment em Goiânia
Sandro Mabel e o deputado Alexandre Baldy em manifestação pró-impeachment em Goiânia
ANÚNCIO

No Palácio do Planalto, uma sala pode ser considerada como o local do “ministro de Goiânia”, no Governo Federal, para representar os interesses do prefeito Iris Rezende e da  da prefeitura de Goiânia. Neste local está o empresário Sandro Scodro (Conhecido como Sandro Mabel). “Vamos ter que trabalhar bastante. Estarei lá para ajudar. Estou junto do presidente Michel Temer e o que for preciso para ajudar o prefeito Iris, estaremos a disposição”, diss ele em entrevista ao repórter Samuel Straioto, do Diário de Goiás.

Para Sandro, ex-deputado federal, há muito trabalho a ser feito para que recursos são sejam perdidos. Nem ele, e nem o prefeito eleito tem perdido tempo. Na saída do escritório político de Iris, disse:

– “Todo mundo vai ter um corte de recursos. Estamos trabalhando para minimizar a perda de recursos que já estavam alocados, projetos que estavam em andamento, minimizar a perda para que a gente não precise começar um projeto novo. Tratamos de ter cuidados com uma série de questões, postos de saúde, hospitais, o secretário de Saúde trabalhou bastante também para que Goiânia neste ano receba mais recursos. Estive lá no Ministério da Saúde para viabilizar mais recursos na área de oncologia, na Maternidade Dona Iris, entre outras questões”.

ANÚNCIO


O ex-deputado Mabel chegou a ser cogitado para ocupar o cargo do ex-ministro Gedel Vieira Lima, no governo. A especulação não foi confirmada, pelo menos por enquanto.

O “ministro de Goiânia” afirmou que tinha tanta certeza da vitória de Íris que começou as articulações políticas desde agosto de 2015, junto aos órgãos federais. Mais de uma vez, o prefeito de Goiânia, Paulo Garcia (PT) reclamou que os recursos pararam de chegar para as obras em andamento. Inclusive, o financiamento de US$ 100 milhões de dólares para o recapeamento das ruas onde o asfalto com o prazo de validade vencido.

Segundo ele, Iris tem portas abertas e tem respeito do presidente Michel Temer. Disse Mabel:

– “O presidente Michel Temer gosta muito do Iris e é respeitado em Brasília em todos os locais. Sou ligado a maioria dos ministros lá. As questões importantes para Goiânia, já estamos trabalhando desde agosto, setembro. Já tínhamos certeza que ele iria ganhar. Nós temos financiamentos que foram trabalhados, uma série de coisas que está se fazendo, por exemplo, tínhamos problemas no Tribunal de Contas, verbas que a prefeitura poderia perder. Estamos trabalhando pra não se perder nenhum tipo de recurso e que o Iris possa começar o mandato dele com intensidade.

Campanha

O ex-deputado Sandro Mabel foi presidente do PR, era aliado de Luís Inácio Lula da Silva e de Dilma Roussef. Ele rompeu com a ex-presidente após a retirada de indicados dele no DENIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte) durante o primeiro ano da gestão dela.

Mabel participou ativamente das articulações para o impeachment de Dilma Roussef, na Câmara dos Deputados. Inclusive, em Goiânia, de manifestações pela saída dela, junto com o deputado federal Alexandre Baldy (PTN) que é aliado de Marconi Perillo (Veja a foto).

Comentários

comentarios

ANÚNCIO

Qual a sua opinião sobre a notícia? Quer comunicar correções?