21 de fevereiro de 2024
Cidades • atualizado em 11/10/2022 às 15:38

Professor é preso suspeito de oferecer dinheiro em troca de sexo com adolescentes, em Corumbá

Um professor e coordenador de uma escola estadual de Corumbá de Goiás, foi preso suspeito de praticar crimes de exploração sexual e armazenamento de material pornográfico envolvendo adolescentes. As investigações, segundo a Polícia Civil, iniciaram depois que uma mãe denunciou que o filho de menor, começou apresentar mudança de comportamento. Ela descobriu que ele vinha sendo assediado pelo professor.

Conforme apurado, o professor abordou o aluno através de redes sociais, oferecia dinheiro à vítima para ela manter relações sexuais com ele, além de lhe pedir fotos das partes íntimas, também em troca de pagamento.

O mandado de prisão foi cumprido na escola em que o suspeito trabalha, além disso, foi cumprido também mandado de busca e apreensão em sua residência, oportunidade em que dispositivos eletrônicos foram apreendidos.

O professor foi encaminhado à Unidade Prisional de Corumbá de Goiás, onde encontra-se à disposição do Poder Judiciário. A Polícia Civil apura, ainda, a possibilidade de haver outras vítimas, razão pela qual as investigações continuam.

Leia Também

image
Foto: Divulgação/Polícia Civil

Segundo a Polícia Civil, o professor confessou o crime, porém, negou que o menor tenha sido aluno dele, apesar dele estudar no mesmo colégio, o professor disse que apenas o conheceu la dentro da instituição.

Em nota, a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) disse que o profissional foi imediatamente exonerado de suas funções e que um processo administrativo disciplinar foi aberto para apurar o caso. A Seduc disse ainda que o contrato dele era temporário.


Leia mais sobre: / / / Cidades