21 de fevereiro de 2024
Cidades • atualizado em 07/09/2022 às 15:51

Prefeitura de Goiânia prorroga vacinação contra poliomielite até 30 de setembro

(Foto: Divulgação / SMS)
(Foto: Divulgação / SMS)

Após pronunciamento oficial do Ministério da Saúde (MS) e da Secretaria Estadual de Saúde (SES-GO), a Prefeitura de Goiânia vai prorrogar a vacinação contra poliomielite até 30 de setembro. O objetivo da campanha, iniciada em 8 de agosto, é alcançar cobertura vacinal igual ou maior que 95% para a vacina poliomielite na faixa etária de 01 a 04 anos de idade, independentemente da situação vacinal encontrada.

Em Goiânia, até o momento, 22,86% das 76.884 crianças que estão nesta faixa etária tomaram a vacina que previne a paralisia infantil. De acordo com o MS, o índice de 95% do público-alvo imunizado é o patamar necessário para que a população seja considerada protegida.

“Não podemos deixar que essa doença volte, pois representa sérios riscos à saúde da criança. Conclamamos os pais ou responsáveis a vacinar seus filhos”, declara prefeito Rogério Cruz.

A Secretaria Municipal de Saúde disponibiliza a vacina em 72 salas diariamente. Nos finais de semana e feriados, a vacinação ocorre no Centro Municipal de Vacinação (CMV) e no Ciams Urias Magalhães, com doses disponíveis todos os dias.

Leia Também

“Enquanto esse vírus estiver circulando no mundo, há risco de chegar por aqui e, se nossas crianças não estiverem protegidas, podem sofrer desde sintomas como resfriado a problemas no sistema nervoso, uma paralisia irreversível, e até mesmo ir a óbito”, alerta.

Vacina

No Brasil, o Sistema Único de Saúde (SUS) oferta duas vacinas diferentes contra a pólio: a inativada e a atenuada. A vacina inativada deve ser aplicada via injeção intramuscular, em bebês de 2, 4 e seis meses de idade. Após o esquema primário, feito com a vacina inativada, são necessários dois reforços, feitos com a vacina atenuada, em forma de gotinhas. O primeiro reforço é feito aos 15 meses e o segundo reforço, aos 4 anos de idade.

Campanha de multivacinação

O Ministério da Saúde prorrogou também a campanha de multivacinação, que acontece de maneira concomitante à da poliomielite. A campanha busca incentivar a atualização da caderneta de vacinação das crianças e adolescentes menores de 15 anos de idade. Estão disponíveis 18 vacinas que compõem o calendário nacional de vacinação.


Leia mais sobre: / / / Cidades