28 de fevereiro de 2024
Goiânia • atualizado em 14/02/2022 às 14:53

Prefeitura de Goiânia inicia a entrega dos cartões Renda Família + Mulher

(Foto: Jackson Rodrigues)
(Foto: Jackson Rodrigues)

Na manhã desta segunda-feira (14) o prefeito de Goiânia, Rogério Cruz,  iniciou a entrega de 2.629 cartões do programa Renda Família +Mulher. A segunda etapa contempla as beneficiadas com R$ 1,8 mil, em seis parcelas de R$ 300.

Durante o evento, que aconteceu na Escola Municipal Professora Lousinha, no Residencial Itamaracá, Rogério Cruz afirmou que “este é um projeto construído com muito carinho que, além de trazer dignidade e comida na mesa, fomenta o comércio local”. O cronograma de entregas segue até 21/2.

 
Em 2021, foram destinados R$ 7 milhões no programa Renda Família +Mulher. O número de beneficiárias chega a 6 mil. O prefeito de Goiânia destacou a luta das mulheres para conquistar seus espaços e cuidar das famílias, principalmente neste período de pandemia.

 
“Estes cartões já chegam às suas mãos com a primeira parcela de R$ 300 destinados à compra de alimentação. E, como recebemos pedidos de um cartão que possibilita também a compra de medicamentos, estamos a analisar, junto à Secretaria Municipal de Saúde, a viabilidade de um recurso para este fim”, assegurou o prefeito.

Leia Também

Sobre o programa

O valor será pago em seis parcelas de R$ 300. “A transferência de renda é essencial para que as mulheres tenham acesso a alimentos para suas famílias”, disse o prefeito. “O valor deve ser gasto com despesas in natura em estabelecimentos localizados no município de Goiânia, o que também vai gerar movimentação na economia local”, destacou Rogério Cruz.
 
O auxílio financeiro é destinado a mulheres que residem em Goiânia e estejam em situação de vulnerabilidade social devido à pandemia de Covid-19. As inscrições estão abertas até o dia 31 de março. Para mais informações, as beneficiárias podem entrar em contato pelo direct do Instagram: @secretaria_mulher.

O auxílio será pago a mulheres que estiverem em, pelo menos, uma das seguintes situações:
• Perderam o emprego e renda.
•Trabalhadoras informais, autônomas e microempreendedoras individuais.
• Mulheres recém-saídas de abrigamentos.
• Mulheres com medidas protetivas em situação de abrigamento.
• Mães solo (inteiramente responsáveis pela criação dos filhos, sem ajuda do pai, a partir de 16 anos de idade).

Veja cronograma e locais das demais entregas:
 
Região Leste
 15/02 – 16h
 Escola Municipal Bom Jesus – Jardim Novo Mundo
 
Região Noroeste
 16/02 – 16h
 Escola Municipal Maria da Terra – Bairro Floresta
 
Região Norte
 17/02 – 16h
 Escola Municipal Hebert José de Souza – Jardim Balneário
 
Região Oeste
 18/02 – 16h
Escola Municipal Dom Tomás Balduíno – Jardins do Cerrado I
 
Região Sudoeste
 19/02 – 10h
 Escola Municipal Engenheiro Robinho Martins de Azevedo – Conjunto Habitacional Baliza
 
Região Sul
 21/02 – 8h30
Secretaria de Políticas para as Mulheres – Centro.

Leia também:


 


Leia mais sobre: / / Goiânia