Prefeito do MDB confessa intenção de votar no caiadista Wilder Morais

A possibilidade de dois votos para senador levou o prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha (MDB) a indicar que votará num candidato do partido e em Wilder Morais (DEM). Seria uma declaração normal, se não fosse um dos mais importantes nomes do partido que defende Daniel Vilela para governador e se a chapa dele não tivesse outras opções.

LEIA TAMBÉMPesquisa eleitoral: Grupom e Diário da Manhã vem aí com novos números

“Eu poderia, posso sim [votar em Wilder Morais para senador], confirmou Gustavo Mendanha ao reforçar que sua primeira opção será um candidato ao senado pela base do MDB, mas pode votar no caiadista por causa da amizade e retribuição ao apoio que recebeu.

Mendanha conta que tem “uma relação muito próxima e um carinho pelo senador Wilder” por que ele “ajudou muito a cidade de aparecida”.

ANÚNCIO


Segundo, o senador colaborou muito para encaminhar os acordos com o Governo Federal para a construção do hospital municipal de Aparecida de Goiânia.

A declaração de Mendanha causou surpresa, pois o senador é um recém-filiado ao DEM, que tem Ronaldo Caiado como candidato a governador, e pelo fato de que é um egresso da base de Marconi Perillo.

A declaração de Mendanha foi dada em entrevista ao vivo ao Jornal da Manhã, da Rádio Bons Ventos FM – 107,3 – na manhã desta quarta, 9.


ELEIÇÕES 2018 :

 “Balanço do governo comprova que Goiás vive paralisia administrativa”, diz Daniel Vilela

“Quem não tem capacidade de dialogar, não tem para governar”, diz José Eliton

Comentários

comentarios

ANÚNCIO