iris rezende e vanderlan cardoso
ANÚNCIO

A pesquisa eleitoral Grupom/Rádio 730 para prefeito de Goiânia foi a 122 bairros diferentes em quatro regiões da capital e identificou que há empate técnico entre os candidatos Iris Rezende (PMDB) e Vanderlan Cardoso (PSB), tanto na estimulada como na espontânea. Mas, os dois avançaram sobre regiões que, antes, eram de domínio do adversário.

Na espontânea, quando o entrevistador pergunta em quem o eleitor pretende votar e não apresenta os nomes dos candidatos, Iris tem 40,5% (Tinha 39,2% na primeira rodada) e Vanderlan conseguiu 37,4% (Tinha 35,1% na anterior). Ou seja, o candidato do PSB cresceu mais que o peemedebista.

A diferença de 3,1 pontos percentuais mostra que os dois estão em empate técnico, segundo a margem de erro de 4,3 pontos percentuais para mais ou para menos. No entanto, é muito significativo que 22,1% dos eleitores disseram que não avaliaram, ainda. Ou seja, há uma grande margem para os candidatos conquistarem votos, ou não.

ANÚNCIO


É importante avaliar que o eleitor vai ao encontro com a urna sem nenhuma interferência para estimular o nome dos candidato, ou seja, há maior semelhança com a pesquisa espontânea.

Na estimulada, quando o entrevistador apresenta os nomes dos candidatos que estão na disputa pelo segundo turno, Iris aparece com 41,7% e Vanderlan com 38,6% enquanto 10,4% disseram que podem votar em branco ou nulo e 9,4% declararam que estão indecisos ou não avaliaram. Mais uma vez, o cenário é de empate técnico. Em votos válidos, a simulação da pesquisa Grupom/ Rádio 730 indica que Iris tem 51,9% e Vanderlan tem 48,1%.

Metodologia

A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral com protocolo nº GO-03996/2016 de 18/10/2016. A coleta de dados foi realizada entre 20 e 23 de Outubro de 2016. 521 pessoas foram entrevistadas. A margem de erro: 4,3%. O nível de confiança: 95%. Realização: Grupom Consultoria Empresarial Ltda – CNPJ: 01.096.445/0001-80 Contratante: Rádio Clube de Goiânia S/A – Rádio 730 – CNPJ: 01.540.202/0001-99

Comentários

comentarios

ANÚNCIO

Qual a sua opinião sobre a notícia? Quer comunicar correções?