21 de fevereiro de 2024
Política • atualizado em 01/10/2022 às 12:07

Pesquisa CNT/MDA aponta cenário de estabilidade entre Lula e Bolsonaro a um dia das eleições

A última pesquisa CNT/MDA, realizada antes do primeiro turno das eleições 2022, divulgada neste sábado (1º/10), mostra estabilidade na corrida ao Palácio da Alvorada, com 7,9 pontos percentuais separando o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) do atual presidente Jair Bolsonaro. O contexto em relação à última pesquisa do instituto, praticamente não mudou, em comparação a vantagem de 8,6 apresentada pelo petista anteriormente.

No atual levantamento, encomendado pela Confederação Nacional do Transporte (CNT), Lula aparece com 44,2% das intenções de voto, oscilando dentro da margem de erro. Ele tinha 43,4% no levantamento anterior. Já Jair Bolsonaro saiu de 34,8% para 36,3%. A pesquisa foi feita entre os dias 28 e 30 de setembro e não dá para cravar influência total do debate entre os presidenciáveis exibido na Rede Globo realizado na quinta-feira (29).

O ex-governador do Ceará (PDT) vem na sequência com 4,5%, oscilando 1,6% para baixo. A senadora Simone Tebet (MDB) que tinha 4,7% agora tem 4,5%. Os demais candidatos somam todos 2,2%. Brancos e nulos são 4,2% e indecisos representam 4,3%. 

Se considerar apenas os votos válidos, que são levados em conta para a totalização do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o cenário mostra indefinição quanto a possibilidade da fatura ser liquidada em primeiro turno: Luiz Inácio Lula da Silva aparece com 48,3% e Bolsonaro tem 39,7%. 

Leia Também

Leia mais sobre: Política