29 de fevereiro de 2024
Manchete • atualizado em 20/02/2021 às 12:55

Partidos focam em Luiza Trajano para a eleição presidencial em 2022

Luiza Helena Trajano, dona das lojas Magazine Luiza.
Luiza Helena Trajano, dona das lojas Magazine Luiza.

A empresária Luiza Trajano, de 69 anos, presidente do Conselho de Administração da Magazine Luiza, se tornou um dos expoentes progressistas em meio à grandes empresas tem se tornado a queridinha dos partidos de centro-esquerda para as eleições em 2022. Segundo o Estadão deste sábado (20/02) seu nome é visto por setores do PT e do PSB como representante do “capital” que poderia compor uma chapa presidencial numa situação semelhante à ocorrida quase 20 anos atrás, quando Lula foi eleito ao lado do empresário José Alencar.

Trajano não tem filiação partidária e aparenta não querer filiar a alguma agremiação, mas ao mesmo tempo, reconhece que sua atuação como empresária é política. “Eu não tenho poder na política, tenho uma participação na política, não tenho poder de ter cargos. Eu influencio porque defendo coisas que acho importante. Gosto do Brasil e acho que nós, brasileiros, precisamos assumir o Brasil”, avaliou em entrevista ao Roda Viva, da TV Cultura, no dia 05 de outubro do ano passado.

Apesar de ser almejada pelo PT e PSB, Luiza é amiga de Huck e Doria, o que permite que ela transite entre várias agremiações partidárias. Recenteemente, esteve no olho do furacão após ter sido assolada por diversas criticas ao defender o programa de trainee do Magazine Luiza, exclusivo para negros. Teve quem dissesse que era racismo reverso.

Leia Também

Leia mais sobre: Manchete