19.8 C
Goiânia
quinta-feira, 29 julho 2021

Pacientes com menos de 60 anos passam a ser maioria nas UTIs da covid-19, em Goiás

- Anúncio -
- Anúncio -

Um fato inédito acontece nos leitos de UTIs entre os pacientes internados com a covid-19 em Goiás. Desde o início da pandemia, esta é a primeira vez que pessoas com idade abaixo de 60 anos é maioria dos internados, de acordo com reportagem do jornal O Popular.

Ainda de acordo com a reportagem, a cada 10 pacientes com coronavírus internados em hospitais públicos e privados, no estado, seis estão na faixa etária inferior a 60 anos. Em abril este número era de cinco pacientes.

- Anúncio -

Um das explicações, porém ainda analisadas com parcimônia pelos profissionais da saúde, para essa mudança no perfil das vítimas da covid-19, seria a vacinação contra a doença. O país começou a vacinar a população em janeiro. No dia 17, em São Paulo, a enfermeira Mônica Calazans foi a primeira brasileira a ser vacinada no Brasil.

Até esta terça-feira (15), a taxa de ocupação de leitos da UTI estadual estava em 85,8%; em Goiânia o número era de 86,7%. De acordo com as autoridades ouvidas pela reportagem, é possível que esse aumento nesta possível chegada da terceira onda esteja acontecendo devido à contaminação das pessoas mais jovens.

A reportagem ouviu também o médico infectologista Marcelo Daher, que disse ser comum no início de cada onda de pandemia que os mais jovens sejam estatisticamente mais afetados devido estarem mais expostos. O médico afirmou ainda que somente após os próximos dias será possível entender o papel da vacinação nos mais velhos e as taxas de ocupação de leitos pelos mais jovens.

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -
- Anúncio -

Relacionadas

- Anúncio -