24 de fevereiro de 2024
ELEIÇÕES 2024 • atualizado em 06/02/2024 às 17:21

Nova pesquisa mostra cenário embolado na corrida à Prefeitura de Goiânia

Três candidatos aparecem em primeiro, empatados pela margem de erro
Corrida a Prefeitura de Goiânia começa acirrada e indefinida (Foto: Divulgação)
Corrida a Prefeitura de Goiânia começa acirrada e indefinida (Foto: Divulgação)

A menos de nove meses das eleições municipais, pesquisa divulgada nesta terça-feira (6) pelo Paraná Pesquisas, encomendada pelo Partido Liberal (PL), revela um cenário acirrado e indefinido na disputa pela Prefeitura de Goiânia.

Em um primeiro cenário estimulado, com apresentação dos nomes dos candidatos aos entrevistados, Adriana Accorsi (PT) aparece com 22,1% das intenções de voto, seguida por Vanderlan Cardoso (PSD) com 20,6% e Gustavo Gayer (PL) com 19,7%. A margem de erro de 3,8 pontos percentuais para mais ou para menos indica um empate técnico entre os três líderes.

Bruno Peixoto (UB) aparece em quarto lugar com 10,7%, seguido por Rogério Cruz (Republicanos) com 7,4%, Jânio Darrot (MDB) com 2,9% e Leonardo Rizzo (Novo) com 2,1%.

Rejeição e aprovação da gestão atual

Leia Também

Em relação à gestão de Rogério Cruz, 63,2% dos entrevistados desaprovam o seu desempenho, enquanto 32,2% aprovam.

Falta de conhecimento dos candidatos

Um dado preocupante da pesquisa é a falta de conhecimento dos eleitores em relação aos candidatos. Na metodologia espontânea, quando não há apresentação dos nomes dos candidatos, 76,6% dos entrevistados não souberam responder em quem votariam.

Apenas 4,7% dos entrevistados mencionaram Adriana Accorsi espontaneamente, seguida por Gustavo Gayer (4,6%), Vanderlan Cardoso (2,8%) e Rogério Cruz (2,4%).

Cenários com diferentes combinações de candidatos

A pesquisa também simula cenários com diferentes combinações de candidatos. Em um segundo cenário estimulado, com quatro opções de voto, Adriana Accorsi aparece com 27,1%, Vanderlan Cardoso com 24,3%, Gustavo Gayer com 22,5% e Rogério Cruz com 9,3%.

Em outro cenário, com a exclusão de Rogério Cruz, Adriana Accorsi sobe para 30,2%, Vanderlan Cardoso para 28,7% e Gustavo Gayer para 26,3%.

Perfil dos entrevistados

A pesquisa foi realizada com 680 eleitores com 16 anos ou mais, residentes em Goiânia. A margem de erro é de 3,8 pontos percentuais para mais ou para menos, com nível de confiança de 95%.

Metodologia

A pesquisa foi realizada por meio de entrevistas pessoais, com eleitores com 16 anos ou mais, residentes em Goiânia. O levantamento foi realizado entre os dias 31 de janeiro e 05 de fevereiro de 2024 e está registrado no Tribunal Superior Eleitoral sob o nº GO-09948/2024.


Leia mais sobre: Política