25.8 C
Goiânia
domingo, 18 julho 2021

“Nosso grupo nunca foi contra a vinda do presidente”, destaca Jorcelino Braga sobre filiação de Bolsonaro no Patriota

- Anúncio -
- Anúncio -

Após superar um imbróglio em relação à possível filiação do presidente da República, Jair Bolsonaro, no Patriota. Jorcelino Braga, o agora mandatário nacional da legenda, Jorcelino Braga, diz que o capitão da reserva será bem recebido na agremiação. “Na verdade, o nosso grupo nunca foi contra a vinda do presidente. Nós já declaramos isso para todos os veículos, que o nosso grupo é a favor da vinda do presidente. Quem não quer um presidente no partido?”, destacou em entrevista à Tribuna do Planalto, neste domingo (18/07)

Ele explica a origem do conflito a partir de uma decisão tida como autoritária do presidente da legenda, Adilson Barroso. “Ele fez um quórum irregular para ter maioria. Ele tirou quatro delegados nossos no SGIP (Sistema de Gerenciamento de Informações Partidária) do TSE, ele tem a senha, e colocou quatro dele; criou dois novos cargos com direito a voto, dois vice-presidentes de honra, sem poder; substituiu o secretário de Organização, Nilton Silva, que morreu de Covid, e ele não poderia substituir, isso tinha que ser feito via convenção”, descreveu.

- Anúncio -

Em Goiás: Patriota terá candidato ao Governo

Jorcelino Braga falou também da candidatura ao governo de Goiás, que o candidato natural da sigla seria o ex-prefeito de Trindade Jânio Darrot. Mas sinalizou também que não descarta discutir o nome apoiado pelo presidente Bolsonaro, que seria do deputado federal Vitor Hugo.

“É lógico que se ele vier conversar conosco sobre esse assunto vamos informar que temos um compromisso com o Jânio, que o candidato nosso é o Jânio. Se ele falar que quer a candidatura do Vítor Hugo quem tem que definir isso é o Jânio”, pontuou Braga.

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -
- Anúncio -

Relacionadas

- Anúncio -