ANÚNCIO

“Goiás é campeão em Educação, é o segundo maior gerador de empregos do Brasil, é um estado que acolhe migrantes de todas as partes do País, que vem para cá e não querem mais sair”. Foram com essas palavras, enaltecendo e reconhecendo os avanços realizados em Goiás, nos últimos anos, que o governador Zé Eliton, iniciou a entrevista para a TV Serra Dourada, realizada na tarde desta quinta-feira, 13.

ANÚNCIO


Ao justificar o motivo de querer governar Goiás por mais quatro anos, o candidato à reeleição da Chapa Goiás Avança Mais, Zé Eliton, afirmou que é imprescindível que Goiás continue a ofertar oportunidade às pessoas e que seu foco é construir e não destruir.

“Goiás hoje é um ótimo Estado para se viver, mas também tem muitos desafios e demandas a serem cumpridas. E, justamente por isso, pela oportunidade que tive de governar e conhecer o potencial desse Estado, é que quero continuar governando para garantir a consolidação das conquistas e a continuação das políticas públicas, que melhoram a vida das pessoas”, falou.

Ao ser questionado sobre seu desempenho nas últimas pesquisas, o governador disse que há um festival de pesquisas, todas elas com números muito distintos, um dos outros. “Então, fica difícil saber qual pesquisa retrata de forma fiel a realidade, eu prefiro continuar firme e convicto do meu trabalho”, observou, ao enfatizar que a pesquisa que ele quer mesmo vencer é a do dia 7 de outubro.

Para a Segurança Pública, Zé Eliton afirmou que está ainda mais otimista depois da divulgação, ontem, dos resultados da área no comparativo desse período de 2018, com o mesmo período de 2017. “Dos 12 itens observados pela Segurança Pública, apresentamos redução em 11. Por exemplo, roubo a comércio caiu mais de 30%, furtos e roubos de veículos caiu mais de 50%”, disse.

Graças à criação do Batalhão de Terminal, Zé Eliton afirmou que foram reduzidas 79% das ocorrências dos terminais do Eixo Anhanguera e 53% em todas as plataformas de embarque e desembarque de Goiânia e Região Metropolitana. “Acredito que estamos num processo de avanço na Segurança Pública, e se eleito vou continuar investindo em Inteligência, estamos criando uma Força de Segurança Unificada, que atuará ligada diretamente ao gabinete do secretário de Segurança Pública”, explicou.

Ainda sobre Segurança Pública, disse ainda que conseguiu reduzir os índices de violência e aumentar a sensação de segurança na sociedade. “Em 2016, uma pesquisa afirmou que, para 79% da sociedade, a maior preocupação era com Segurança Pública. Atualmente, depois que assumi a secretaria e depois, o governo, o porcentual está entre 26% e 37%”, completou o governador.

Comentários

comentarios

ANÚNCIO