ANÚNCIO

O presidente do PRP/GO, Jorcelino Braga, revelou que o deputado estadual do partido, Major Araújo, que também foi eleito vice-prefeito de Goiânia na chapa com Iris Rezende (PMDB) não consultou o partido para tornar pública a dúvida sobre a posse na capital.

Ele não foi comunicado sobre a intenção do deputado de não assumir o cargo de vice na capital para atender às bases que querem que ele fique na Assembleia Legislativa, segundo divulgação feita pelo Major.

Jorcelino é direto nas palavras. Ao blog, disse as seguintes frases sobre as intenções do deputado Major Araújo:

ANÚNCIO


–       Ele não falou comigo, nem por telefone.

–       O partido desconhece (A possível renúncia de Major Araújo).

O presidente do PRP considera que o partido pode ser prejudicado pela decisão de Araújo – caso venha a renunciar – e pela repercussão do caso.

–       É muito ruim para o partido, disse ele.

Braga, demonstrando um certo conformismo, afirmou :

–       Ele tinha que ter pensado nisso antes de candidatar (Sobre a renúncia na Assembleia).

Ele revela que o PRP não vai tomar nenhuma atitude em cima de “suposições” que são divulgadas pelos meios de informação. Braga conta, ainda, que ninguém do PMDB reclamou do anúncio da possível renúncia do Major Araújo para o exercício do cargo de vice-prefeito de Goiânia.

Ao Diário de Goiás, o deputado Major Araújo afirmou que terá diálogo sobre a decisão dele com Jocelino Braga e com Iris Rezende. Mas, “num momento oportuno”.

Comentários

comentarios

ANÚNCIO

Qual a sua opinião sobre a notícia? Quer comunicar correções?