Juíza goiana vence maior prêmio de conciliação do país


A juíza Aline Vieira Tomás, da 2ª Vara da Família da Comarca de Anápolis, venceu o Prêmio Conciliar é Legal, concedido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Ela foi premiada na modalidade “Juiz Individual (Justiça Estadual)”.

A honraria, considerada a maior da Justiça de Conciliação, será entregue na próxima terça-feira (18), na sede do CNJ, em Brasília, após a sessão plenária do dia.

_________________

RELACIONADAS:

A escolha da juíza Aline Tomás se deu devido à implantação do projeto “Acordos Após Ingestão de Dextroser/Glicose Observados em Conciliações Judiciais (processuais) e Extra-Judiciais (pré-processuais)”, na vara onde atua. 

O projeto nasceu da dissertação de mestrado da magistrada, que em agosto do ano passado apresentou à sua banca examinadora na Universidade Federal de Goiás (UFG) o tema Projeto Regulatório em Política Pública Conciliatória: pesquisa empírica sobre os efeitos da ingestão de glicose nos acordos das varas de família de Anápolis entre abril e dezembro de 2019.

ANÚNCIO


A proposta analisava o resultado em termos de acordos entre as partes que haviam tomado suco de uva e aquelas que não tinham consumido a bebida. Os que optaram por beber do suco oferecido naquela vara chegaram ao índice de 76% de realização de acordos, elevando para 31,03% o índice de conciliação da 2ª Vara de Família de Anápolis, com o encerramento do processo, e consequentemente, desafogando as instâncias superiores de mais processos para serem julgados, o que comprovou que a glicose pode auxiliar na realização de acordos.

Comentários

comentarios

ANÚNCIO