19 de abril de 2024
INFORMAÇÕES • atualizado em 15/02/2024 às 02:13

Prazo final para empregadores enviarem informe de rendimento 2023 termina em 29 de fevereiro

O documento é fundamental para o preenchimento da Declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) 2024
Leão da Receita Federal (Foto: Divulgação)
Leão da Receita Federal (Foto: Divulgação)

O prazo para entrega do Informe de Rendimento 2023, para IRPF, aos funcionários termina em 29 de fevereiro. A data limite também se aplica a bancos e corretoras de valores, que devem disponibilizar o documento aos seus clientes. A disponibilização pode ser feita pelo correio ou na forma digital, por e-mail, internet ou intranet.

O Informe de Rendimento é um documento obrigatório que reúne informações sobre os rendimentos recebidos pelo contribuinte no ano anterior, como salários, 13º salário, rendimentos de aplicações financeiras, entre outros. Ele é fundamental para o preenchimento da Declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) 2024.

IRPF 2024: Declaração sem multa vai de 15 de março a 31 de maio

Este ano, o período de entrega das declarações do Imposto de Renda, sem multa, vai de 15 de março a 31 de maio. É importante que os contribuintes se programem para entregar a declaração dentro do prazo para evitar pagamento de multas e juros.

O que o Informe de Rendimento contém?

Leia Também

  • Total dos rendimentos tributáveis: salários, 13º salário, etc.
  • Descontos do INSS: contribuições previdenciárias.
  • Rendimentos tributáveis na fonte: 13º salário, etc.
  • Imposto de renda retido na fonte: valor do imposto retido na fonte.
  • Rendimentos isentos: venda de férias, etc.
  • Despesas com plano de saúde ou odontológico: valor das despesas com plano de saúde ou odontológico.

Quem precisa declarar IRPF?

A declaração do IRPF é obrigatória para quem recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 2.824 mensais em 2023. A nova tabela do imposto de renda, publicada em 6 de fevereiro, elevou o limite de isenção para R$ 2.259,20.

Contribuintes com rendimentos de até R$ 2.824 mensais estão isentos

O contribuinte com rendimentos de até R$ 2.824 mensais será beneficiado com a isenção do imposto de renda em 2024. Isso porque, em razão do desconto simplificado de R$ 564,80, a base de cálculo mensal do imposto fica em R$ 2.259,20, que é o limite máximo da faixa de alíquota zero da nova tabela.

Guarde seus documentos por 5 anos

A Receita Federal orienta o contribuinte a guardar os informes de rendimentos por, no mínimo, 5 anos, contados a partir de 1º de janeiro do ano seguinte ao do processamento da declaração. A regra também vale para os demais documentos que servem para comprovar as informações prestadas na declaração.

Evite problemas com a Receita Federal

Para evitar problemas com a Receita Federal, é importante que o contribuinte esteja atento aos prazos e às regras da declaração do imposto de renda. Em caso de dúvidas, consulte um contador ou procure a Receita Federal.

Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva. (Foto: Ricardo Stuckert/PR)

Leia mais sobre: Cidades

Recomendado Para Você