Hall de entrada do hospital de Aparecida de Goiânia (foto divulgação)
Hall de entrada do hospital de Aparecida de Goiânia (foto divulgação)
ANÚNCIO

Com o funcionamento do Hospital Municipal de Aparecida de Goiânia (HMAP), que completa um mês neste fim de semana, mais de 300 pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) foram atendidos, reduzindo assim o tempo de espera por consulta ambulatorial. Ao longo dos próximos dez dias, o Hospital já estará realizando internações, exames e cirurgias. O Hospital é o maior do Estado, construído por uma prefeitura.

Gustavo Mendanha, em entrevista à Rádio Bandeirantes 820, de Goiânia (foto Altair Tavares, nov.18)
Gustavo Mendanha, em entrevista à Rádio Bandeirantes 820, de Goiânia (foto Altair Tavares, nov.18)

“A inauguração do HMAP foi um marco para nossa cidade. A expectativa é de que até o fim deste mês o tempo de espera para liberação de vaga de UTI seja reduzido em nosso município. Atualmente, este é um grande desafio da rede pública de Saúde, que Aparecida tem enfrentado de frente. Com o Ambulatório, nós já conseguimos diminuir o tempo de espera de quem aguardava consultas pré-operatórias e vamos seguir avançando”, afirmou o prefeito Gustavo Mendanha.

Segundo o secretário da Saúde, Alessandro Magalhães, 60 leitos de enfermaria clínica, 20 leitos de UTI adulta, 20 leitos de urgência, duas salas cirúrgicas, laboratório clínico, radiologia, ultrassonografia, endoscopia e exames de diagnósticos já estarão disponíveis à população no final deste mês. “Nossa preocupação é com a segurança do paciente. Abrimos as portas do Hospital no dia seguinte à inauguração e promovemos cerca de 315 consultas com neurologistas e cardiologistas. Até o fim do mês, vamos finalizar a primeira etapa de funcionamento”, destacou.

ANÚNCIO


HMAP

O Hospital Municipal de Aparecida tem 230 leitos, sendo 30 UTI´s, 20 leitos destinados à urgência e 180 apartamentos. A unidade abrigará os primeiros leitos de internação pediátrica da cidade, evitando assim o deslocamento intermunicipal de quem precisa do serviço. No local, serão realizados cerca de 1,2 mil atendimentos de urgência e emergência, mais de 900 internações, 11 mil atendimentos ambulatoriais e 25 mil exames, todos os meses. Serão oferecidas cirurgia geral, pediátrica, ortopédica, cardíaca e urológica.

Gestão e contratações

O HMAP é gerido pelo Instituto Brasileiro de Gestão Hospitalar (IBGH), Organização Social selecionada pela Prefeitura de Aparecida por meio de chamamento público e que é responsável pela contratação dos profissionais que atuarão no Hospital.

Cronograma de funcionamento

  •         20/12/18 – abertura da ala ambulatorial de clínica médica e cirúrgica;
  •         Até o final de Janeiro – entram em funcionamento 60 leitos de enfermaria clínica, 20 leitos de UTI adulta, 20 leitos de urgência, duas salas cirúrgicas, laboratório clínico, radiologia, ultrassonografia, endoscopia e exames de diagnóstico;
  •         Julho de 2019 – funcionamento de mais 30 leitos de clínica médica, 30 de pediatria, 10 de UTI pediátrica, ressonância magnética e tomografia;
  •         Dezembro de 2019 – começam a funcionar mais 60 leitos de clínica cirúrgica e oito salas cirúrgicas.

Comentários

comentarios

ANÚNCIO