29 de fevereiro de 2024
Cidades • atualizado em 22/02/2022 às 09:59

Homem é indiciado por apresentar falso atestado médico para folgar no réveillon, em Caldas Novas

(Foto: Prefeitura de Caldas Novas).
(Foto: Prefeitura de Caldas Novas).

Um homem, que não teve sua identidade divulgada, foi indiciado pela Polícia Civil após apresentar, à empresa onde trabalhava, um atestado médico falso para faltar ao trabalho e comemorar a chegada de ano novo. O caso aconteceu em Caldas Novas, região Sul de Goiás.

O chefe do suspeito desconfiou da autenticidade do documento e, em seguida, fez a denúncia. Conforme a investigação, há erros no atestado apresentado que comprovam a fraude.

No atestado, apresentado a empresa no dia 30 de dezembro de 2021,  constava que o paciente teria passado por uma consultada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), sendo necessários dez dias de repouso devido a um sintoma gripal.

Atestado
Imagem – Reprodução / TV Anhanguera

No atestado é possível ver o nome timbrado da unidade de saúde, carimbado com o nome de um médico da cidade, porém, sem a assinatura do profissional.

Leia Também

Durante interrogatório, o suspeito disse que  apresentou o documento à empresa, mas ficou em silêncio ao ser questionado sobre a doença e veracidade do atestado. O homem vai responder em liberdade pelo crime de uso de documento público falso. A pena pode chegar a seis anos de prisão e multa.

Nossa equipe de reportagem procurou a prefeitura de Caldas Novas para um posicionamento, mas até o fechamento da matéria sem sucesso. O espaço fica aberto.

Leia também:


Leia mais sobre: / Cidades