22 de fevereiro de 2024
Cidades • atualizado em 18/02/2021 às 17:43

Governo integra dados de cidadãos goianos numa mesma plataforma

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O governo de Goiás implantou, nesta quinta-feira (18), o Sistema Estadual de Informações Cidadãs (SEIC), ferramenta que agrupa dados públicos em uma única base. A apresentação do projeto foi realizada por meio de reunião de videoconferência, coordenada pelo vice-governador Lincoln Tejota, com representantes de vários órgãos do Estado, que fazem parte do projeto.

A plataforma deve entrar em funcionamento no dia 31 de maio, com a Integração Biométrica do RG e da CNH, por meio de dados da Polícia Civil e do Detran-GO. Posteriormente, informações de outros órgãos também serão acrescentadas à base de dados compartilhada entre as pastas.

O objetivo do sistema é integrar dados, de forma eficiente, com o intuito de facilitar buscas de serviços públicos, além de contribuir para a formulação de políticas públicas com base em evidências e o aperfeiçoamento das atividades estatais.

Durante a reunião, o vice-governador afirmou que “esse será um grande avanço para a administração”, com dados utilizados de forma inteligente, com respeito à legalidade. “São dados não sigilosos, fornecidos pelo cidadão ao longo de sua vida, nos momentos em que entra em contato com o Estado. Apenas vamos agrupá-los em uma base única, o que vai contribuir para pensarmos e qualificarmos as políticas públicas que o cidadão realmente precisa. Vamos evitar a duplicidade de gastos e teremos condições de aplicação muito mais célere e muito mais ágil do recurso público”, explicou.

Leia Também

Na ocasião, a secretária da Economia, Cristiane Schmidt, afirmou que “reunir em prol de objetivos comuns, trabalhar de forma única” e se colocou à disposição para o auxiliar no bom funcionamento do projeto. “Contem comigo! ”, afirmou.

Um dos projetos que subsidia a ferramenta é a Biometria Neonatal, que está sendo desenvolvida pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-GO), e vincula o bebê à mãe, ainda na maternidade, por meio da identificação biométrica. A partir desse registro, por exemplo, é possível saber o número de crianças nascidas, o que pode auxiliar as prefeituras na definição da quantidade necessária de vagas em creches.

 “Esse programa é inovador e tem todo o apoio do governador Ronaldo Caiado, pois espelha e coloca em prática o nosso plano de governo, utilizando a gestão integrada como premissa. Somos um corpo só. O sucesso de um é o sucesso de todos, que é o sucesso da população”, ressaltou o vice-governador, a respeito do projeto.


Leia mais sobre: / / / Cidades / Economia