28 de fevereiro de 2024
Destaques • atualizado em 26/01/2023 às 00:41

Juceg aponta Goiânia com maior número de empresas ativas em 2022

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Goiânia lidera o ranking goiano de cidades com maior número de empresas em atividade no ano de 2022, conforme mostra levantamento divulgado pela Junta Comercial do Estado de Goiás (Juceg GO). São 316.996 empresas em funcionamento na capital, 26.545 a mais do que em 2021. Índice impulsiona mercado de trabalho, que registrou 37.964 novos postos até novembro de 2022.

“A prefeitura é parceria do setor produtivo. Essa parceria se forma em diversas frentes, como a desburocratização para abertura de novas empresas, incentivos fiscais, além de investimentos em infraestrutura, por exemplo”, afirma o prefeito Rogério Cruz.

Dentre os investimentos realizados pelo município está a otimização da Secretaria de Desenvolvimento e Economia Criativa (Sedec), que recebeu novos equipamentos com objetivo de reduzir os itens necessários para abertura de empresas de 16 para seis, e a redução do tempo médio do processo de 21 para apenas quatro dias.

O novo Código Tributário do Município também trouxe incentivo para a abertura de novas empresas, ao mesmo tempo em que promove a revitalização de regiões históricas da capital, como o Centro. A legislação estabeleceu a redução do ISS para as chamadas empresas “limpas” se instalarem na região. Além disso, a prefeitura oferta desconto no Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) para aquisição de imóveis novos, fomentando a construção civil.

Leia Também


De acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), órgão do Ministério do Trabalho, até novembro do último ano foram ocupados 37.964 novos postos de trabalho na capital. Goiânia possui 502.416 profissionais com carteira de trabalho assinada. Ainda não foram divulgados os números de dezembro.

O setor de serviços tem puxado a criação de vagas de trabalho em Goiânia no período. Ele foi responsável por 24.163 novos postos de trabalho, seguido do comércio, com 5.971 vagas. Na terceira posição fica a construção civil, com 4.853 novos trabalhadores registrados. A indústria está na quarta posição, com 2.780 novos profissionais empregados, seguida da agropecuária na quinta posição, somando 197 empregos criados.

Confira o ranking

1º ) Goiânia : 316.996
2º) Aparecida de Goiânia: 74.716
3º) Anápolis: 60.271
4º) Rio Verde: 31.992
5º) Valparaíso: 23.297
Dados: Juceg


Leia mais sobre: / / / Economia