Ex-Reitor da UEG recebe solidariedade de associação nacional após afastamento

Em nota de desagravo, o Conselho Pleno da Associação Brasileira dos Reitores das Universidades Estaduais e Municipais – ABRUEM – repudiou “com vigor e veemência o linchamento moral e ético” a que foi submetido o ex-Reitor da Universidade Estadual de Goiás – UEG – Haroldo Reimer.

Ele foi alvo de reportagens que informavam que a gestão do programa PRONATEC teria a contratação de parentes.


Moção de Desagravo e Solidariedade

O Conselho Pleno da Associação Brasileira dos Reitores das Universidades Estaduais e Municipais-ABRUEM, reunido no dia 13 de junho de 2019, em razão da relevância institucional e da notoriedade dos fatos, vem a público desagravar o professor HAROLDO REIMER, ex-reitor da UEG e ex-presidente da ABRUEM, repudiando com vigor e veemência o linchamento moral e ético a que foi submetido por ampla e sistemática campanha midiática, movida por interesses alheios aos ideais republicano e civilizatório.

ANÚNCIO


A ABRUEM acredita que somente o respeito à lei, às garantias constitucionais do cidadão, ao devido processo legal e à presunção de inocência pode conduzir a sociedade brasileira à escorreita e justa realização do Estado democrático de Direito.

O contrário disso resulta em condenação antecipada de inocentes pela opinião pública, submetidos injustamente à vergonha pessoal e ao constrangimento social.

Manifesta, por fim, apreço e solidariedade ao professor Haroldo, que certamente terá sua ilibada reputação comprovada após a correta apuração dos fatos que lhes são atribuídos.

Reitor Antonio Guedes Rangel Junior
Presidente da Abruem

Comentários

comentarios

ANÚNCIO