Ex-presidente da FIEG na lista de nomes para presidir a CNI

O ex-presidente da Federação das Indústrias de Goiás, Paulo Afonso, está na lista da Confederação Nacional da Indústria (CNI) para presidir a instituição. Ele concorre com Antônio Carlos da Silva e Paulo Antônio Skaf.

Em nota enviada ao blog, a CNI confirmou a eleição para a quinta feira, dia 28. O presidente da CNI, Robson Andrade, foi preso dia 19 passado em uma operação da Polícia Federal em parceria com o TCU (Tribunal de Contas da União) que investiga uma suposta organização criminosa suspeita de desviar R$ 400 milhões do Sistema S e do Ministério do Turismo.

——————–

ANÚNCIO


NOTA:

Informamos que, na próxima quinta-feira (28/02/2019), será realizada na sede da Confederação Nacional da Indústria (CNI), em Brasília/DF, reunião do Conselho de Representantes da entidade, com o objetivo de escolher um substituto do presidente Robson Braga de Andrade, enquanto durar o seu impedimento temporário, conforme prevê o estatuto da CNI.

A convocação da reunião foi feita por 20 (vinte) das 27 (vinte e sete) Federações Estaduais das Indústrias que integram o Conselho de Representantes. Informamos ainda que o presidente interino será escolhido entre os seguintes vice-presidentes executivos da CNI: Antônio Carlos da Silva, Glauco José Côrte, Paulo Afonso Ferreira e Paulo Antônio Skaf.

Comentários

comentarios

ANÚNCIO