22 de fevereiro de 2024
Economia • atualizado em 09/08/2023 às 11:19

Endividados tem até sexta (11) para procurar Mutirão Renegocia, do Procon

A iniciativa do programa é da Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), do Ministério da Justiça e Segurança Pública
O atendimento é realizado, exclusivamente, no período vespertino, das 13 às 17 horas. (Foto: reprodução)
O atendimento é realizado, exclusivamente, no período vespertino, das 13 às 17 horas. (Foto: reprodução)

Procon Goiás atende até esta sexta-feira (11), os consumidores interessados no Mutirão Renegocia, para saldar dívidas referentes a contas de água, luz, telefone, crediário, entre outras. O atendimento é realizado, exclusivamente, no período vespertino, das 13 às 17 horas, na sede do órgão, na Rua 8, nº 242, Ed. Torres, no Centro de Goiânia.

A iniciativa do programa é da Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), do Ministério da Justiça e Segurança Pública, para auxiliar os superendividados a quitarem as pendências e, assim, regularizarem a situação financeira e recuperarem o crédito.

Mutirão Renegocia

As negociações com as instituições credoras deverão obedecer ao chamado mínimo existencial, de R$ 600, que é o valor mínimo da renda do consumidor que deve ser preservado para as despesas básicas, como alimentação, por exemplo. Não há limite no valor das dívidas nem de renda do consumidor participante.

Entretanto, os únicos débitos que não poderão ser negociados no mutirão são referentes à pensão alimentícia, crédito rural, imobiliário e de automóvel. O consumidor deve levar os documentos pessoais e contratos das dívidas ou qualquer outro documento que comprove o débito, como faturas e comprovantes de pagamento.

Leia Também

“Temos uma grande preocupação de incentivar o crédito responsável e, desta forma, provocar uma mudança de comportamento nos consumidores. Isso nós já fazemos diariamente com a atuação do Núcleo de Atendimento aos Superendividados do Procon-GO que não só negocia as dívidas, mas também busca promover a educação financeira das pessoas atendidas para evitar novos ciclos de endividamento”, afirma.

Negociação online

Caso prefiram fazer a negociação pela internet, os consumidores endividados também têm a alternativa de acessar a plataforma consumidor.gov, da Senacon. Para isso, é preciso fazer um cadastro e solicitar a negociação, além de selecionar o credor (empresa) para formalizar o pedido.

No campo ‘problema’, o consumidor deve marcar a opção ‘renegociação/parcelamento de dívida’ e, em ‘descrição da reclamação’, informar que deseja participar da renegociação. Na sequência, será apresentada uma proposta que deve ser avaliada pelo consumidor. Ele poderá anexar os documentos e esclarecer dúvidas.


Leia mais sobre: Economia