29 de fevereiro de 2024
Destaques • atualizado em 15/02/2022 às 09:31

Em meio à redução de PMs, Goiás registra queda em indicadores de crimes violentos

(Foto: Hegon Corrêa)
(Foto: Hegon Corrêa)

Os registros de crimes violentos em Goiás evidenciam queda contínua nos últimos três anos, com os menores índices já aferidos na série histórica. Os dados mostram uma tendência de redução, verificada desde 2019, início da atual gestão do Governo do estado.

Em 2021, os Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) caíram 18,32% em comparação aos números de 2020. A taxa compreende as ocorrências de homicídio doloso (18,4%) e latrocínio (26,1%). Houve queda também nos Crimes Violentos Contra o Patrimônio (CVP), que apresentaram recuo de 25,5% no último ano. Destacam-se as quedas de incidências de roubos em residências (-28,5%), em comércio (-28%), de veículos (-25,5%) e a transeuntes (-25,1%).

De acordo com Caiado, o resultado mostra os efeitos da integração entre as forças policiais, que agem baseadas em inteligência. “Em todas áreas tivemos queda e hoje somos referência nacional, a melhor segurança pública do país”, afirmou. “Isso é em decorrência do apoio do governo a todas as corporações para que possam agir com independência. E o secretário, a cada dia, articula as ações e participa de todas”, reforçou.

Desde o início do governo de Caiado, em 2019, os homicídios caíram 41,8% e os latrocínios foram reduzidos em 67,6%. Aliado a isso, o Estado alcançou percentual de 60,15% em resolutividade dos crimes de homicídios. O governador disse que a segurança pública é um ponto de sustentação em sua gestão.

Leia Também

Os indicadores do Estado são os menores já registrados desde o início da aferição pelo Observatório de Segurança Pública de Goiás (SSP-GO). O comparativo de 2021 com o ano de 2018 indica diminuição de 43,5% nos casos de CVLI, enquanto as ocorrências de CVP reduziram 68,8%. O paralelo entre 2018 e 2021 demonstra queda de 81,3% no roubo de veículos, 70,3% no roubo a transeuntes, 68,5% no roubo em comércios e 58% no roubo em residências.

A apresentação dos dados foi realizada pelo titular da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-GO), Rodney Miranda, que creditou o resultado alcançado ao suporte do chefe do Executivo. “Temos apoio incondicional do governador, do governo como um todo nas ações. É um trabalho sério, organizado e de integração, que não é só no papel”, pontuou ao ressaltar que, além das forças de segurança, o Ministério Público e Poder Judiciário também contribuíram para o resultado.

O chefe da SSP-GO também ressaltou o combate aos crimes no campo. “Temos quadrilhas especializadas que estão sendo desmontadas e que agiam, até essa nossa ação contundente, livremente, aterrorizando os nossos produtores. Aqui não tem espaço para quem comete crime”. Ele lembrou ainda os R$ 18 milhões em investimentos, aplicados nos últimos três anos, no sistema prisional.

Zero Violência

O balanço da SSP-GO aponta ainda que, em 31 municípios goianos não foi registrado nenhum caso de crime violento. A abrangência é quase o dobro do verificado em 2020, quando 16 cidades não tiveram crimes violentos. Ao longo de 2021, o Estado de Goiás teve 22 dias sem nenhum registro de homicídios e outros 21 sem Crimes Violentos Letais Intencionais.

Leia também:


Leia mais sobre: / / / Destaques / Goiás