29 de fevereiro de 2024
Manchete • atualizado em 18/09/2022 às 11:13

Em Aparecida de Goiânia, Caiado fala em governar para todos os goianos

Caiado ao lado de Max e Camila Rosa (Foto: Divulgação)
Caiado ao lado de Max e Camila Rosa (Foto: Divulgação)

O governador Ronaldo Caiado (União Brasil) e candidato à reeleição ao Palácio das Esmeraldas confessou neste sábado (17) que entre os 246 municípios goianos, têm dificuldade em se relacionar com o prefeito de Aparecida de Goiânia, Vilmar Mariano (Patriota), aliado do principal concorrente do médico nas eleições, Gustavo Mendanha (Patriota). “Governo com todos os 245 prefeitos e só tenho uma dificuldade: aqui!”, pontuou Caiado em evento na cidade da região metropolitana.

Caiado participou do evento dos candidatos Max Menezes (PSD), que concorre à reeleição como deputado estadual, e Camila Rosa (PSD), candidata a deputada federal. Vilmar Rocha, presidente do PSD e candidato ao Senado também marcou presença na comemoração do aniversário de Menezes.

“Como governante não temos que retaliar ninguém, mas governar com todos”, disse Caiado ao contar que, em 2018, foi eleito governador com o apoio de apenas 14 prefeitos, mas vem trabalhando em parceria com todos, sem distinção de legenda política, e por isto conta com o apoio de 230 prefeitos para sua reeleição. Para um possível segundo mandato, o governador ressalta a importância de reforçar as parcerias com a atual gestão municipal de Aparecida, deputados e senadores, para desenvolver o município. 

Max Menezes lembrou o compromisso feito com Caiado para continuar ampliando as vagas de emprego em Aparecida, em um trabalho conjunto, caso os dois sejam reeleitos. O deputado falou ainda das melhorias na educação da rede pública do Estado. “Sinto-me orgulhoso ao entrar nas escolas estaduais e ver como os alunos são tratados”, disse. 

Leia Também

“A marca do meu governo é o respeito ao dinheiro público. Não deixando roubar, não deixando corromper, o dinheiro aparece e se multiplica”, disse Caiado sobre os benefícios levados a Aparecida de Goiânia e a todo o Estado. 

Para os próximos quatro anos, o governador fala do objetivo de romper o ciclo da pobreza investindo em educação. “Vamos deixar o legado da cidadania. Quero educar o filho da família mais humilde de Goiás para ele crescer e ser o que quiser”, disse Caiado. 

“O governador trata a escola como investimento, como qualificação da vida do cidadão. Goiás não será o mesmo daqui para frente”, disse o ex-governador e ex-prefeito de Aparecida, Ademir Menezes.


Leia mais sobre: Manchete / Política