21 de fevereiro de 2024
Cidades • atualizado em 04/03/2021 às 09:15

Em 48h, seis funcionários de uma rádio de Niquelândia testam positivo para a covid-19

Seis funcionários da rádio com covid-19. Foto: divulgação/Rádio FM Niquelândia.
Seis funcionários da rádio com covid-19. Foto: divulgação/Rádio FM Niquelândia.

A diretora-comercial da Rádio FM Niquelândia 104,7 , Ilma Aguiar, confirmou que seis funcionários da emissora testaram positivo para a covid-19. O resultado foi apresentado nesta quarta-feira (3) e os comunicadores foram afastados de suas atividades no veículo.

“O Robson foi testado na segunda-feira (1/3) e após isso a gente fez os exames em toda a equipe. Somente o Diogo Siqueira que testou negativo. Até o momento, graças a Deus, estamos apenas com tosse, só esta noite que eu amanheci mais gripadinha”, explicou Ilma em entrevista ao Diário de Goiás.

Além de Robson Vieira, o primeiro a testar positivo, os demais infectados são Richard Leal, Vivi de Sá, Osley Santos, Clayton Santana e a diretora Ilma.

A emissora, em nota, destacou que obedeceu a todos os protocolos de segurança sanitária nas dependências da rádio durante esses meses de pandemia.

Leia Também

Ainda de acordo com a nota da emissora, alguns familiares dos funcionários também foram diagnosticados com o coronavírus.

“Alguns de nossos cônjuges e familiares também têm testado positivo para a doença, além de uma apresentadora do programa religioso Shalon Adonay e seu esposo”, ressalta.

De acordo com o veículo, os locutores seguirão em tratamento em casa.

“Até o momento, nenhum de nossos comunicadores manifestou sintomas graves da doença. Mesmo assim – obedecendo as recomendações das autoridades de saúde – permaneceremos em tratamento domiciliar nas próximas duas semanas; trabalhando em ‘home office’; e participando das programações das emissoras por telefone e WhatsApp, sempre que possível”, informou a 104,7 FM.

Ilma Aguiar explica o que será feito na programação da rádio para que a emissora não pare de transmitir os programas.

“Para a rádio não parar, eu fiz uma modificação na grade. Já esterilizei, o pessoal já foi lá, já fiz todo o material, vamos trabalhar de portas fechadas e só vão trabalhar esses três locutores, o Divino Gago, Diogo Siqueira e Sinailton Gonçalves”, concluiu Ilma.


Leia mais sobre: / / / Cidades / Manchete