Palácio das Esmeraldas, sede do governo de Goiás (Foto Reprodução Gabinete Militar)
ANÚNCIO

Entre as medidas para contenção de gastos, o governo de Goiás pode cortar em 20% a folha de comissionados dos cargos mais baixos (3o ao 5o escalão). Segundo reportagem do jornal O Popular (05/12/16), a pretensão da gestão de Marconi Perillo é promover uma economia de R$4,6 milhões mensais na folha de pagamento de servidores.

O custo da folha do governo goiano, com comissionados, está em R$23.275.793,87 em valores de outubro passado.

LEIA TAMBÉM:

O governo de Goiás tem 7.133 servidores comissionados e em relação a dez.14, são 2.909 servidores a menos. A lista dos novos demitidos, então, pode alcançar 1.426 servidores.

ANÚNCIO


No entanto, não foram divulgados os critérios para a escolha dos comissionados que serão demitidos, nem de quais secretarias e nem a data exata de demissão dos que ocupam esses cargos.

Outro corte semelhante foi anunciado por Marconi Perillo ao final de 2015 com o objetivo de conter os gastos com folha de pagamento.

Em relação à folha de outubro de 2016, o custo com comissionados equivale a 3,41% do valor gasto com salários.

Comentários

comentarios

ANÚNCIO

1 COMENTÁRIO

  1. ta certinho já tinha é que ter feito isso ninguém quer saber de trabalhar só quer receber, acha que vai ficar protegido, o salario de um comissionado é muito alto melhor ficar com os contratos. ta certo poem todo mundo pra trabalhar em suas áreas.

Qual a sua opinião sobre a notícia? Quer comunicar correções?