Lateral Marcelo treina na seleção brasileira ( foto Lucas Figueiredo CBF)
ANÚNCIO

A Paraná Pesquisas perguntou aos eleitores brasileiros sobre o interesse deles em relação ao noticiário da Copa do Mundo e da Operação Lavajato e o resultado revelou que o evento esportivo perdeu “de lavada”.

77,7% dos 2.170 entrevistados responderam que estão mais interessados nas notícias da Lavajato enquanto 10,2% disseram-se mais atentos ao noticiário da Copa do Mundo de 2018 na Rússia.

Responderam que não se interessam nem por um e nem por outro o percentual de 10%. Outros 1,7% da base consulta não responderam.

ANÚNCIO


A divulgação da pesquisa revela, de certo modo, por que a Copa do Mundo não tem atraído interesse dos brasileiros como em outros anos.


Metodologia:
Total de eleitores consultados: 2.170 brasileiros em 185 municípios e em 26 Estados + Distrito Federal entre 16 e 19 de maio de 2018. Tal amostra representativa do território nacional atinge um grau de confiança de 95,0% para uma margem estimada de erro de aproximadamente 2,0% para os resultados gerais. Nas análises das questões por localidade, o grau de confiança atinge 95,0% para uma margem de 3,5% para a
Região Sudeste, onde foram realizadas 934 entrevistas, 4,0% para a Região Nordeste, onde foram realizadas 583 entrevistas, 5,5% para a Região Norte + Centro-Oeste onde foram realizadas 331 entrevistas e 5,5% para a Região Sul, onde foram realizadas 322 entrevistas.
A amostra é representativa dos moradores das áreas pesquisadas e foi selecionada em três estágios. No primeiro estágio faz-se um sorteio probabilístico dos municípios, onde as entrevistas foram realizadas, pelo método PPT (Probabilidade Proporcional ao Tamanho), tomando o número de habitantes como base para tal seleção. No segundo estágio fez-se um sorteio probabilístico dos setores censitários, onde as entrevistas foram realizadas, pelo método PPT (Probabilidade Proporcional ao Tamanho), tomando a população de 16 anos ou mais residente nos setores como base para tal seleção. No terceiro estágio, dentro dos setores sorteados, os respondentes foram selecionados através de quotas amostrais proporcionais em função das variáveis:
 SEXO: Masculino – 48% e Feminino – 52%
 FAIXA ETÁRIA: Entre 16 e 24 anos: 15% / Entre 25 e 34 anos: 21% / Entre 35 e 44 anos: 21% / Entre 45 e 59 anos: 24% / Com 60 anos ou mais: 19%
 ESCOLARIDADE: Até Ensino Médio: 79% / Ensino Superior: 21%
 NÍVEL ECONÔMICO: Economicamente Ativo: 65%; Não Economicamente Ativo: 35%
 REGIÃO: Norte+Centro-Oeste: 15% / Nordeste: 27% / Sudeste: 43% / Sul: 15%
 PONDERAÇÃO: Está prevista eventual ponderação para correção das variáveis supracitadas, caso ocorram
diferenças superiores a margem de erro da pesquisa entre o previsto na amostra e a coleta realizada. Fonte de
Dados: IBGE (2010).

Comentários

comentarios

ANÚNCIO