Contrato emergencial da SMT para sincronismo de sinais em Goiânia


O secretário municipal de trânsito, Felisberto Tavares, informou que a busca de um contrato de emergência é a alternativa tentada pela prefeitura de Goiânia para retomar o sincronismo dos semáforos da capital.

A empresa fornecedora do software que controla os cruzamentos da cidade suspendeu o serviço por falta de pagamento. São 6 meses de atraso, segundo a SMT.

_________________

RELACIONADAS:

ANÚNCIO


Comentários

comentarios

ANÚNCIO

Qual a sua opinião sobre a notícia? Quer comunicar correções?