24 de fevereiro de 2024
HISTÓRIA • atualizado em 29/11/2023 às 09:39

Caiado prestigia lançamento de livro sobre a história dos debates eleitorais na TV

Mitre destacou a importância de Caiado na disputa
Caiado prestigia lançamento de livro em Brasília (Foto: Divulgação)
Caiado prestigia lançamento de livro em Brasília (Foto: Divulgação)

O jornalista Fernando Mitre lançou, nesta terça-feira (28/11), na Universidade de Brasília (UnB), o livro “Debate na veia: Nos bastidores da tevê, a democracia no centro do jogo”. Na obra, ele retrata os debates eleitorais que vivenciou como diretor de jornalismo da TV Bandeirantes, a partir da eleição presidencial de 1989. A participação contou com a presença do governador Ronaldo Caiado (União Brasil).

“Foi um momento marcante que marcou a consolidação da democracia no Brasil”, disse Caiado, que na época ainda em 1989, tinha 39 anos e disputava sua primeira eleição, com outros 21 candidatos.

Mitre destacou a importância de Caiado na disputa. “Ele trazia uma mensagem muito forte, de um jovem líder ruralista, representante da UDR. Era conflito garantido com outros setores da mesa, que também traziam bandeiras muito fortes”, afirmou o jornalista.

O evento reuniu lideranças políticas e autoridades, entre ministros de Estado, ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), lideranças políticas e jornalistas, que compartilharam lembranças e acontecimentos marcantes. Caiado assistiu a trechos dos embates e reviu fotos da época.

Leia Também

Mitre e Caiado também relembraram dos embates intensos e da participação de outros personagens importantes, como Leonel Brizola, Lula, Collor, Paulo Maluf, Mário Covas e a mediadora, a jornalista Marília Gabriela.

“Eram os maiores debatedores do Brasil, ao mesmo tempo todas as tendências políticas e ideológicas estavam ali sentadas”, destacou Caiado.

Considerado um dos maiores e mais experientes produtores de debates e duelos políticos no Brasil, Fernando Mitre retrata a visão das disputas como condutor dos debates, destaca os momentos cruciais, emocionantes e curiosos, além dos contextos políticos e eleitorais que envolviam as eleições.

Autor do prefácio do livro, o antropólogo Roberto DaMatta classifica o texto de Mitre como um retrato dos “momentos mais emocionantes e pitorescos dos rituais pré-eleitorais” e pontua que Mitre “atinge na veia este palco revelando o ‘candidato’ a olho nu e em estado de graça.”


Leia mais sobre: Política