29 de fevereiro de 2024
Trindade • atualizado em 21/02/2022 às 18:32

Caiado anuncia ampliação do Hospital Estadual de Trindade

(Foto: Júnior Guimarães)
(Foto: Júnior Guimarães)

O governador Ronaldo Caiado, anunciou o inicio das obras de reforma e ampliação do Hospital Estadual de Trindade Walda Ferreira Santos (Hetrin). O projeto ampliará os atuais 56 leitos para 149, em área de 8.194 mil m². A estrutura contará com maternidade de alto risco e nova sala de exames. Os investimentos chegam a R$ 50 milhões.

“Temos de garantir aos prefeitos a condição de terem um hospital regional. Esse aqui não é uma unidade comum de urgência, é um hospital geral, com portas abertas 24 horas por dia. Teremos um centro de obstetrícia de alto risco, o que tem de mais moderno e que é capaz de atender a qualquer caso complexo, para que tudo seja resolvido aqui”, disse o governador. Segundo ele, não se trata de lançamento de algo que vai acontecer, mas de obra que já está sendo realizada.

Com as obras, o Hetrin contará com seis leitos de observação, dois de emergência, 14 de alojamento conjunto, 20 de enfermaria para clínica cirúrgica, 90 de clínica médica, 20 de UTI, quatro salas cirúrgicas, cinco leitos de recuperação pós anestésicos (RPA), cinco quartos de isolamento e três quartos para parto normal (PPP). Terá, ainda, um novo parque de exames e aparelho de tomografia de última geração.

Ainda de acordo com o governador, o laboratório, a recepção e todo o bloco administrativo também serão reformados. Com isso, a área construída vai passar de 2.491 m² para 8.194 m². O hospital beneficiará a população local e outros 15 municípios da região. A expectativa é de que a nova estrutura triplique a capacidade de atendimentos. A previsão para o término das obras evem ser concluídas em um ano e meio. 

Leia Também

O Hetrin contará com Maternidade de Alto Risco, uma estrutura com dois consultórios obstétricos, além de 14 leitos de alojamento. Também será construído o Centro de Parto, composto por três salas de pré-parto (quartos PPP), sala cirúrgica obstétrica, de ambulação interna e externa, acolhimento familiar, distribuição de dietas e posto de enfermagem exclusivos para o atendimento da maternidade, somando mais de 1.000 m². Será implantada, ainda, uma UTI Neonatal, com 10 leitos.

O secretário de Saúde, Ismael Alexandrino, ressaltou a importância das obras. “A evolução que essas obras vão conquistar para a região será fantástica. Certamente, é mais um passo para a consolidação da regionalização da saúde em Goiás”, afirmou.

Leia também:


Leia mais sobre: / / Trindade