19 de abril de 2024
SEM TERCEIRO TURNO • atualizado em 27/02/2024 às 12:09

“Brasil precisa pensar no futuro. A campanha acabou”, diz Caiado após ato com Bolsonaro

Caiado também deu uma leve cutucada no governo Lula: "estão enxugando gelo"
Ronaldo Caiado (Foto: Divulgação)
Ronaldo Caiado (Foto: Divulgação)

O governador Ronaldo Caiado (União Brasil) pregou a pacificação no país após participar do ato em apoio ao ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), no último domingo (25). Ao jornalista Altair Tavares, ele respondeu que acredita nos esforços do aliado no sentido do diálogo para que o Brasil possa “avançar” e que o país deve pensar no futuro, afinal de contas, a campanha acabou e “não é possível que se tente colocar um terceiro turno”, salientou.

“Eu disputei com o Daniel Vilela, fui lá, tive a humildade de pedir a ele que viesse comigo, disputei com o Gustavo Mendanha, fui lá, pedi a ele que me emprestasse também o conhecimento dele para poder governar o Estado. Então, mais do que nunca, eu acredito que o gestor, ele quer ter pacificação para poder avançar, porque se você ficar em queda de braço, o governo não vai andar”, relatou sobre sua forma de governar ao pontuar que busca diálogo também com seus opositores.

Caiado também destacou que o pensamento do Brasil deve ser no futuro, todos unidos. “Queremos cada vez mais evoluir para a população, ser bem tratada, ter emprego, ter renda e melhorar o país. Não é possível que se tente colocar um terceiro turno agora. Acho que acabou a campanha, então vamos arquivá-la”, destacou.

Leia Também

Leia mais sobre: Sem categoria

Recomendado Para Você