15.8 C
Goiânia
segunda-feira, 19 julho 2021

Brasil conquista o 1º lugar no ranking mundial de downloads do GraphoGame

- Anúncio -
- Anúncio -

O GraphoGame, aplicativo educativo que torna mais divertida a aprendizagem, chegou à marca de mais de 755 mil downloads, colocando o Brasil em 1º lugar no ranking mundial, alcançado no espaço de cinco meses. O aplicativo visa apoiar os professores em atividades do ensino remoto, e as famílias no acompanhamento das crianças no processo de aquisição de habilidades de literacia.

O lançamento no Brasil, é uma ação do Ministério da Educação (MEC), no âmbito da Política Nacional de Alfabetização (PNA) e do programa Tempo de Aprender. O aplicativo foi desenvolvido com a colaboração de cientistas brasileiros, apresenta uma dinâmica de jogo baseada em evidências científicas, a fim de desenvolver, por exemplo, a ortografia e as habilidades de leitura.

- Anúncio -

O GraphoGame, foi lançado em novembro de 2020. Neste mesmo mês, foi baixado por 33.352 usuários. Em dezembro do mesmo ano, foi veiculada uma campanha publicitária na televisão, trazendo informações sobre o aplicativo e convidando pais, responsáveis e professores a utilizarem a ferramenta. Em um único mês, os downloads subiram de 33.352 para 272.383. A campanha, produzida pelo MEC, mais que setuplicou o alcance do GraphoGame.

Durante os meses de janeiro, fevereiro e março, o aplicativo foi baixado por mais 217.393 usuários, totalizando 489.776 downloads. No mês de abril, o MEC veiculou novamente uma campanha publicitária na televisão, e mais uma vez a divulgação provou ser um serviço de utilidade pública. Somente no mês de abril, o número cresceu em 187.936, totalizando, portanto, 677.712 downloads do aplicativo.

Para fazer parte desse número de usuários que contribui para que crianças aprendam as relações entre letras e sons, e manifestem habilidades de literacia, procure pelo aplicativo GraphoGame em sua loja virtual de aplicativos. A ferramenta está disponível para Android, IOS e Windows.

Assessoria de Comunicação MEC com informações da Sealf

Leia também:

- Anúncio -
- Anúncio -
- Anúncio -

Últimas Notícias

- Anúncio -
- Anúncio -

Relacionadas

- Anúncio -