19 de abril de 2024
Displicente • atualizado em 23/08/2023 às 14:58

Bolsonaro admite que acusou ministros de interferência nas eleições

Antes de ser internado, nesta quarta-feira (22), ex-presidente falou rapidamente com imprensa em voo
O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) em discurso em Goiânia na última semana. (Foto: Sérgio Rocha/Alego)
O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) em discurso em Goiânia na última semana. (Foto: Sérgio Rocha/Alego)

Jair Bolsonaro (PL) afirmou que mandou mensagens ao empresário Meyer Nigri acusando o Supremo Tribunal Federal (STF) de uma série de coisas, incluindo interferência nas eleições de 2022. A resposta foi a um jornalista da Folha de S.Paulo nesta quarta (23) durante um voo de Brasília à São Paulo.

“Eu mandei para o Meyer, qual o problema? O Barroso [ministro] tinha falado no exterior [sobre a derrota da proposta do voto impresso na Câmara, em 2021], eu sempre fui um defensor do voto impresso”, teria dito.

Vale lembrar que o teor de tais mensagens levou a Polícia Federal (PF) a intimar o ex-presidente para explicar a difusão de fake news sobre o processo eleitoral brasileiro. Apesar da afirmação, Bolsonaro já disse, por meio de sua defesa, que não participava do grupo dos empresários para o qual Nigri repassou as mensagens em que criticava ministros do Supremo e do TSE.

Após a ocasião em que confirmou teor das mensagens, Bolsonaro chegou a São Paulo e logo foi internado no hospital Vila Nova Star, da capital paulista, para fazer exames de rotina.

Leia Também

Leia também: Cirurgião-dentista que fez tratamento em Bolsonaro posta foto do antes e depois


Leia mais sobre: Notícias

Recomendado Para Você