Equipes preparadas para a operação Reverso (Foto Divulgação MPGO)
ANÚNCIO

Empresas acusadas de sonegação estão no alvo da Operação Reverso realizada pelo Ministério Público de Goiás, Polícia Civil e secretaria da Fazenda de Goiás. Segundo a assessoria de imprensa do MP, já foram bloqueados R$274 milhões de reais das empresas que responderão por sonegação fiscal e crimes contra a ordem tributária.

Os nomes das empresas não foram divulgados até a manhã desta terça, 28. São 11 estabelecimentos investigados e que tiveram os recursos bloqueados.

A ação é coordenada pelo Comitê Interinstitucional de Recuperação de Ativos (Cira) cumpre mandados de busca e apreensão nas empresas. O grupo operacional é coordenado pelo promotor Antônio de Pádua Freitas e foi criado em setembro deste ano com atuação permanente de combate aos grandes sonegadores do fisco estadual.

Comentários

ANÚNCIO


comentarios

ANÚNCIO