25 de fevereiro de 2024
Dia Mundial

AVC: Hugol destaca a importância dos serviços de neurologia em Goiás

Neste domingo (29) é celebrado o Dia Mundial do Acidente Vascular Cerebral
De janeiro a setembro deste ano, a unidade atendeu mais de 2 mil casos de AVC. (Foto: reprodução)
De janeiro a setembro deste ano, a unidade atendeu mais de 2 mil casos de AVC. (Foto: reprodução)

Neste domingo (29) é celebrado o Dia Mundial do Acidente Vascular Cerebral (AVC). A data é importante para alertar e conscientizar a população sobre os sintomas e a prevenção da doença, popularmente conhecido como derrame cerebral. O Hospital Estadual de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol) é referência nos serviços de Neurologia em Goiás e, só neste ano, atendeu mais de 2 mil casos de AVC.

De acordo com o Dr. Dionísio Figueiredo Lopes, médico neurocirurgião, responsável pelo serviço de Neurologia e Neurocirurgia do Hugol, a unidade possui uma equipe multidisciplinar altamente capacitada para atender casos de AVC. “O Hugol tem uma equipe especializada com neurologista, neurocirurgião e neurointervencionista que trata todos os tipos de AVC”, contou.

O médico explica ainda que o hospital é equipado com tecnologia de última geração, incluindo equipamentos de imagem avançados, permitindo diagnósticos precisos e intervenções imediatas.

“Além de uma equipe multidisciplinar que proporciona um tratamento de reabilitação global, o Hugol também faz o tratamento medicamentoso para dissolver o coágulo até 4h30 após o início dos sintomas e é o único serviço público do estado que retira o trombo por cateterismo, por meio da trombectomia mecânica”, salientou.

Leia Também

O AVC é uma emergência médica que ocorre quando o suprimento de sangue para uma parte do cérebro é interrompido, resultando em danos cerebrais. Portanto, em casos de AVC, a resposta rápida é crucial para minimizar danos e salvar vidas. É aí que o serviço de Neurologia do Hugol entra em cena!

De acordo com Dr. Dionísio, os principais sintomas do AVC são: dificuldade de falar, paralisia de um lado do corpo, boca torta e confusão mental aguda estão entre os sintomas mais comuns. “Quando algum desses sintomas começar de forma súbita, é necessário buscar atendimento médico”, explicou.

Já as formas de prevenção são: tratamento de doenças de risco como pressão alta, diabetes, arritmia cardíaca e aumento de colesterol, além de mudança de hábitos de vida com exercícios e alimentação saudável.


Leia mais sobre: Saúde