19 de abril de 2024
ALERTA • atualizado em 16/02/2024 às 10:44

Após mais de dois meses, DF volta a registrar morte por Covid-19

Em Goiás, a situação é ainda mais preocupante
Covid-19 volta a assombrar DF e Goiás (Foto: Amazônia Real)
Covid-19 volta a assombrar DF e Goiás (Foto: Amazônia Real)

A primeira morte por Covid-19 em mais de dois meses no Distrito Federal acende um alerta vermelho para a população. A vítima, uma mulher de 30 a 39 anos sem comorbidades, morava em Santa Maria e faleceu em casa. O boletim da Secretaria de Saúde (SES-DF) divulgado na quinta-feira (15) revela um aumento de 102% nos casos em 10 dias, comparado ao mesmo período do ano anterior.

Em Goiás, a situação é ainda mais preocupante. O número de mortes pela doença quintuplicou em 2024, com cinco óbitos registrados na primeira semana de janeiro, segundo a Secretaria de Estado da Saúde (SES-GO). Mais de 3 mil casos já foram confirmados, e as autoridades alertam para o risco de um novo surto após o Carnaval.

Varjão: epicentro da doença em Goiás

A cidade de Varjão, em Goiás, é a que apresenta maior número de casos confirmados no Estado, com 30 registros. Ouvidor, Jussara e Avelinópolis também estão em alerta, com taxas de médio risco.

Leia Também

Embora as faixas etárias mais afetadas pela Covid-19 sejam acima de 80 anos e adultos entre 50 e 59 anos, a letalidade da doença também preocupa em outros grupos. Crianças com menos de 10 anos, adultos de 30 a 39 anos e idosos entre 60 e 79 anos também foram vítimas do vírus.


Leia mais sobre: Cidades

Recomendado Para Você