Aplicativo implanta transporte alternativo em cidades brasileiras

ANÚNCIO

Um Grupo de empresários italianos vai lançar em oito cidades do interior goiano (Pirenópolis, Jaraguá, Uruaçu, Ceres, Rialma, Goianésia, Barro Alto e Niquelândia) o aplicativo de transporte alternativo ‘Meu Vupt’. As negociações para a implantação do projeto em Goiás, que será o primeiro estado brasileiro a receber a novidade, começaram há cerca de um ano. A previsão é que o aplicativo comece a funcionar em dois meses. 

O valor mínimo da corrida será de R$ 6, segundo divulgação feita pela Meu Vupt. Com escritórios localizados em São Paulo e Brasília, o grupo está firmando parceria com uma empresa do interior goiano, sediada em Goianésia, para sua representação, lançamento e expansão.

O ‘Meu Vupt’ será a empresa pioneira em transporte alternativo por aplicativo que vai trabalhar em cidades de pequeno e médio porte no Brasil

ANÚNCIO


A empresa já está fazendo a captação de motoristas para dirigir no aplicativo. Pelo fato de trabalhar em pequenos e médios centros, existe uma limitação no número de motoristas. Nesta primeira fase, serão no máximo 20 motoristas por cidade. Segundo a empresa, o número será limitado para que esses motoristas consigam, de fato, lucrarem com o aplicativo.

Para se cadastrarem, os motoristas precisam acessarem o link http://bit.ly/meuvupt ou em caso de dúvidas entrar em contato pelo número (11)98904-1646 por ligação ou WhatsApp. Os carros precisam obedecer algumas regras: ter quatro portas, ar-condicionado e ter menos de 8 anos de uso. 
Quando estiver em funcionamento, o usuária precisará baixar o aplicativo para solicitar o transporte alternativo.


LEIA TAMBÉM:

Patinetes compartilhados terão disponibilidade em mais áreas de Goiânia

Comentários

comentarios

ANÚNCIO