29 de fevereiro de 2024
Aparecida de Goiânia • atualizado em 20/02/2022 às 11:37

Aparecida terá Mutirão de Vacinação Contra Pneumonia a partir desta segunda (21)

(Foto: Divulgação).
(Foto: Divulgação).

A prefeitura de Aparecida de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) realiza, a partir desta segunda-feira (21), o Mutirão de Vacinação Contra a Pneumonia para imunizar pessoas imunossuprimidas contra a doença, que é uma inflamação que acomete os pulmões. Nos dias estabelecidos, um profissional da Medicina atenderá, na Central de Imunização, das 13h às 15h, sem necessidade de agendamento prévio, aos moradores de Aparecida que se enquadram nos critérios estabelecidos. O mutirão segue até o próximo sábado (26).

A coordenadora de imunização da SMS, Renata Cordeiro, ressalta que os interessados devem levar comprovante de endereço, cartão de vacinação e receitas, exames e laudos, de qualquer época, que comprovem as enfermidades para ajudar na avaliação médica: “Tragam tudo o que tenham relativo à doença ou condição para auxiliar na comprovação necessária para receber as vacinas, que são a Pneumo 13 e a Pneumo 23, adequadas para esse tipo de proteção”.

O secretário de Saúde Alessandro Magalhães ressalta a importância da iniciativa: “Infelizmente, ainda não são conhecidos todos os efeitos da ômicron e de outras variantes do novo coronavírus, mas acredita-se, com base em estudos em andamento, que a covid-19 pode ser a causa do aumento das mortes por outras doenças, como a pneumonia, principalmente em indivíduos com o sistema imunológico debilitado. Então, vamos fazer um esforço concentrado para proteger essas pessoas, que devem aproveitar essa oportunidade muito importante”.

Dados do Portal da Transparência do Registro Civil da Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen) divulgados neste mês de fevereiro apontam que, em todo o País, num levantamento iniciado em 2003, em janeiro de 2022 teve um aumento de mais de 70% das mortes causadas pela pneumonia, que atingiram 21.718 óbitos. Em 2021, no mesmo período, foram 12.745. Já em 2020, antes da pandemia, foram contabilizadas 15.484.

Leia Também

A coordenadora de imunização da SMS, Renata Cordeiro, informa que apenas pessoas com as seguintes doenças ou condições poderão ser contempladas com essa vacinação, após avaliação médica:

  • HIV/Aids;
  • Doenças oncológicas;
  • Transplantados de órgãos sólidos;
  • Transplantados de células-tronco hematopoiéticas (TMO);
  • Asplenia anatômica ou funcional e doenças relacionadas, fístula liquórica e derivação ventrículo peritoneal (DVP);
  • Implante de cóclea;
  • Imunodeficiências congênitas;
  • Nefropatias crônicas/hemodiálise/síndrome nefrótica;
  • Pneumopatias crônicas, asma persistente moderada ou grave;
  • Fibrose cística (mucoviscidose);
  • Cardiopatias crônicas;
  • Imunodeficiência devido a imunodepressão terapêutica;
  • Diabetes mellitus;
  • Hepatopatias crônicas;
  • Doenças neurológicas crônicas incapacitantes;
  • trissomias e doenças de depósito.

Leia também:


Leia mais sobre: / Aparecida de Goiânia / Destaques