Reitor Jerônimo Rodrigues (Ao centro) assume conselho no novo governo de Bolsonaro (foto divulgação)
ANÚNCIO

O reitor do Instituto Federal de Goiás (IFG), professor Jerônimo Rodrigues da Silva, foi eleito presidente do Conselho que foi vice-presidente do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif). A eleição aconteceu nesta quarta, 5, e apenas uma chapa se candidatou para o pleito.

Jerônimo ingressou na Escola Técnica Federal de Goiás em 1984, onde exerceu diversas funções. Como membro do Conselho Superior do IFG, acompanhou a implantação dos campi Formosa, Anápolis e Águas Lindas, tendo ocupado, também, o cargo de pró-reitor de Desenvolvimento Institucional.

O novo presidente do Conif, que tomará posse em 19 de fevereiro de 2019, afirmou, no decorrer da apresentação do Plano de Ação da respectiva chapa, que a diretoria eleita pretende trabalhar com foco na elaboração de uma pauta mais qualificada com base no Planejamento Estratégico do Conselho.

ANÚNCIO


Jerônimo Rodrigues da Silva acrescentou que, junto com os novos membros, pretende fazer uma prestação de contas trimestral do Conif, ampliar o diálogo com outras entidades colegiadas, avaliar a participação do colegiado nos eventos internacionais, definir um calendário de eventos estratégicos para a Rede Federal, dentre outras ações.

“Agradeço a todos os integrantes da chapa. Sabemos que teremos uma grande responsabilidade pela frente. O ano que vem será difícil e nós nos comprometemos com nossa disposição e disponibilidade. Vamos estar atentos às pautas que forem sugeridas pelo Conselho e também àquelas que serão apresentadas pelo novo governo que assume em primeiro de janeiro”, disse.

Nova diretoria

A nova diretoria será composta ainda pelo reitor do Instituto Federal do Ceará (IFCE), Virgílio Augusto Sales Araripe, como vice-presidente Administrativo; pelo reitor do Instituto Sul-rio-grandense (IFSul), Flávio Luís Barbosa Nunes, como vice-presidente de Assuntos Acadêmicos; pela reitora do Instituto Federal do Acre (Ifac), Rosana Cavalcante dos Santos, como vice-presidente de Relações Parlamentares, e pelo reitor do Instituto Federal do Sul de Minas Gerais (IFSULDEMINAS), Marcelo Bregagnoli, como vice-presidente de Relações Institucionais.

Na ocasião também foi escolhida a nova composição do Conselho Fiscal do Conif. Na próxima gestão serão membros titulares os reitores dos Institutos Federais do Paraná (IFPR), Odacir Antonio Zanatta; do Pará (IFPA), Cláudio Alex Jorge da Rocha, e de Mato Grosso do Sul (IFMS), Luiz Simão Staszczak. Os membros suplentes serão os reitores dos Institutos Federais do Rio Grande do Sul (IFRS), Júlio Xandro Heck; do Espírito Santo (Ifes), Jadir José Pela, e Baiano (IF Baiano), Aécio José Araújo Passos Duarte.

Principais ações propostas pela Diretoria Eleita de Fortalecimento da Rede Federal de Educação profissional, Tecnológica e Científica.

1. Intensificar o diálogo com o governo federal para consolidação da Rede Federal;

2. Construção de espaço na página Web do CONIF de experiências de sucesso da Rede (ex.: reportagens de projetos exitosos). Assim teríamos um repositório de fácil acesso, quando for necessário demonstrar a Rede Federal e suas ações;

3. Criação de concursos de projetos integradores de Ensino, Pesquisa, Inovação e Extensão da Rede Federal;

4. Investimento em marketing e divulgação dos indicadores da Rede Federal (especialmente em mídias sociais);

5. Aproximação, participação em colegiados/comitês e criação agendas de ações compartilhadas com entidades como a ANDIFES, CAPES, CNPq, CONAF, EMBRAPA, EMBRAPII, CNE, SENAI, SENAT, SESC, IEL, SEBRAE, AGU, CGU, TCU, Conselhos Regionais de Classe, Ministérios, Congresso Nacional, etc.

6. Criação do Observatório da Rede Federal, com resultados da atuação das diferentes instituições em suas características regionais, gerando e divulgando os indicadores;

7. Valorização da pauta da Rede Federal junto ao novo governo, apresentando soluções e propostas além do âmbito da Educação Profissional e Tecnológica;

8. Fortalecimento de ações do CONIF com as Redes Internacionais correlatas com a Educação Profissional e Tecnológica no mundo;

Comentários

comentarios

ANÚNCIO