Reduzida taxa para financiar casa própria no Itaú Unibanco

ANÚNCIO

Para imóveis enquadrados no Sistema Financeiro da Habitação (SFH), a nova taxa será a partir de 8,8% a.a. + TR. Já no Sistema de Financiamento Imobiliário (SFI), a nova taxa será a partir de 9,3% a.a. + TR.
Válidas a partir de 22 de maio, as taxas variam dependendo do perfil do cliente e do seu relacionamento com o banco, já que há mais de 7 anos a taxa de financiamento imobiliário no Itaú Unibanco é personalizada. Para contratar o crédito imobiliário do banco com taxas competitivas, não é necessário adquirir outros produtos.
“Com o aumento da confiança dos consumidores, estamos percebendo uma retomada do mercado imobiliário, o que é uma ótima notícia para o para o setor e para o País. Essa nova redução de taxas certamente contribuirá para acelerar esse movimento”, afirma Cristiane Magalhães, diretora do Itaú Unibanco. “Viabilizar a aquisição da casa própria é uma forma excelente de estabelecer relacionamentos de longo prazo com quem já é nosso correntista e também com aqueles que desejam se tornar clientes”, completa a executiva

O banco tem percebido o aumento da demanda e os números refletem esse cenário positivo. No primeiro trimestre deste ano, o saldo total da carteira de crédito do Itaú Unibanco atingiu o patamar de R$ 40 bilhões para crédito imobiliário e o crescimento do volume de financiamentos concedidos foi de 26% em comparação ao mesmo período do ano anterior.

Importante destacar que parte relevante dos clientes já tomam crédito imobiliário de forma 100% digital, por meio do internet banking. O Itaú foi o primeiro banco a disponibilizar essa solução e atualmente mais de 2,6 mil contratos já foram emitidos dessa forma, que reduz significativamente o tempo gasto pelo cliente no envio da documentação e consequentemente menos dias úteis na finalização do contrato.

ANÚNCIO


Nos últimos meses, o Itaú Unibanco repassou os cortes da taxa básica Selic para diversas linhas de financiamento. Além disso, recentemente, o banco realizou duas reduções para cheque especial e a nova taxa média é de 11,50%. No ano, a queda já é de 1,23 ponto percentual ao mês. Outra linha que contou com redução foi a taxa máxima do crédito consignando (1,99% ao mês) para aposentados e pensionistas do INSS. A nova taxa é uma das menores praticadas no mercado para a modalidade, ficando abaixo do teto estabelecido pelo Ministério do Planejamento e pelo Conselho Nacional.

Comentários

comentarios

ANÚNCIO