Aparecida de Goiânia lidera criação de empresas e cresce acima da média nacional
Aparecida de Goiânia lidera criação de empresas e cresce acima da média nacional
ANÚNCIO

Dados da Junta Comercial do Estado de Goiás (Juceg) apontam que a cidade de Aparecida de Goiânia, depois da capital, foi a que mais recebeu novas empresas em seu território no ano de 2016. O número confirma pesquisa da Urban Systems de que Aparecida de Goiânia é uma das dez melhores cidades brasileiras para os negócios.  

Este é o contexto efervescente da Expo Aparecida 2017, lançada oficialmente nesta quinta-feira, 27 de maio, pelo presidente da Associação Comercial e Industrial de Aparecida de Goiânia (Aciag), Osvaldo Antônio Pagnussat Zilli, em coquetel para empresários e autoridades. A feira, marcada para 21 a 23 de junho, será totalmente voltada para o comércio, a indústria e a logística do município de Aparecida de Goiânia.

De acordo com o anfitrião do evento, Aparecida é a terceira maior economia do Estado, já se aproximando de Anápolis, e o Produto Interno Bruto da cidade, em 2016, fechou em 12.2 bilhões. Um crescimento de 21% de média anual, de 2008 até o fim do ano passado. “Em 2008 tínhamos cerca de 6 mil empresas ativas na cidade., agora já temos 34 mil empresas ativas aqui. Nosso município tem um grande potencial econômico e uma localização estratégica, portanto precisamos movimentar o que há de melhor nele”, diz Zilli.

ANÚNCIO


A intenção do presidente da Aciag é colocar esta feira como um evento oficial da cidade e o sucesso obtido em 2016 proporcionou o lançamento da edição 2017. Só na noite do lançamento mais da metade dos estandes disponibilizados para a exposição já haviam sido reservados por empresas interessadas em mostrar seus produtos ao público. “Todos falam muito em crise, mas nós estamos indo na contramão disso. Nos unindo, dando as mãos, conseguimos movimentar a economia da nossa cidade e é isso que os empresários querem”, explica.

Danilo Ferreira, gerente da empresa Daf Somafértil, gostou tanto do trabalho realizado na feira do ano passado que não perdeu tempo e já reservou um estande para a empresa no evento deste ano. “Temos apenas 3 anos aqui no Brasil e estamos consolidando a nossa marca. A feira ajuda muito nisso, favorece o estreitamento de laços com os nossos clientes e facilita as negociações”, conta.

A empresa onde Ana Paula Pires é executiva de vendas, a Jiva Gestão Empresarial, não esteve na exposição do ano passado, mas para 2017 também já reservou o estande da firma. “Vimos o sucesso que a Expo Aparecida fez no ano passado e, então, decidimos fazer parte desse grandioso evento. Temos produtos novos e inovadores no mercado e é isso que queremos mostrar para os nossos clientes. A feira é o lugar ideal para divulgarmos as nossas novidades e eu tenho certeza que haverá uma grande repercussão”, diz a executiva.

Para o superintendente de Turismo e relações internacionais de Aparecida de Goiânia, Guido Marco Brem, que fez questão de participar do lançamento da Expo Aparecida 2017, a exposição é um evento que já começou a marcar o município de Aparecida não só na parte de comércio, indústria e logística, mas também na parte turística. “Muitas pessoas vem de fora para ver os produtos dos expositores e também temos a intenção de atrair empresas de outros estados e países para cá, portanto acredito que este evento mexe com a cidade de forma geral. É um benefício muito grande para os aparecidenses”, esclarece.

Hans Miller, diretor de indústria e comércio da cidade não esconde a satisfação em ter um evento deste porte em Aparecida de Goiânia, que já foi considerada apenas uma cidade dormitório. “Estou muito otimista com esta edição da feira. No ano passado já tivemos uma grande procura por empresas que queriam se instalar na nossa cidade porque viram o potencial dela durante a exposição. Se hoje tivéssemos um milhão de m² em área para oferecer à essas indústrias que nos procuram garanto que esta área não demoraria a ser preenchida”, conta otimista.

Primeira edição

A primeira edição da Expo Aparecida, realizada em junho de 2016, foi considerada pelos organizadores um sucesso. No ano passado mais de três mil participantes passaram pela feira nos três dias evento. Foram mais de 40 expositores e mais de R$40 milhões em negócios. O Fundo Constitucional de Financiamento do Centro Oeste (FCO) aprovou mais de R$126 milhões em financiamentos. A Expo Aparecida conta com o apoio do All Park Polo Empresarial, da Prefeitura de Aparecida de Goiânia, do Sebrae e da Transzilli Soluções em Logística.

Comentários

comentarios

ANÚNCIO

Qual a sua opinião sobre a notícia? Quer comunicar correções?